MUITA ATENÇÃO POVO CATÓLICO !!!

IMG-20171013-WA0083.jpg

Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Não ter trabalho é uma injustiça!

Na última parte da Audiência Geral desta quarta-feira antes da Semana Santa, o Papa Francisco reiterou que ter um emprego é uma questão de justiça.

Durante a sua saudação em italiano aos trabalhadores da província italiana de Vibo Valentia, o Santo Padre fez um apelo pela luta contra a injustiça neste momento em que estão vivendo uma “grave situação econômica”.

“Dirijo um cordial pedido para que não prevaleça a lógica do lucro, mas a da solidariedade e da justiça. Ao centro de todas as questões, especialmente aquela trabalhista, deve estar a pessoa e sua dignidade. E por isso ter trabalho é uma questão de justiça, é uma injustiça não poder ter trabalho!”, disse com força.

“Quando não se ganha o pão, perde-se a dignidade”, algo que “é o drama do nosso tempo, especialmente para os jovens que, sem trabalho, não têm perspectivas para o futuro e podem se transformar em presas fáceis para organizações criminosas”.

“Por favor, lutemos por isso: a justiça do trabalho. Devemos lutar por isso”, concluiu.



Quarta, 25/03/2015 - ACI, Alvaro de Juana / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...