Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Sete fatos interessantes sobre o primeiro Doutor da Igreja nomeado pelo Papa Francisco

Nesta ultima segunda-feira, 23 de fevereiro, a Santa Sé informou que o Papa Francisco aprovou a sentença para declarar São Gregório de Narek como Doutor da Igreja.
 
A Igreja Católica atribui oficialmente o título de doutor da Igreja àquelas pessoas que têm uma autoridade teológica e doutrinal, em razão da certeza de seus pensamentos, da santidade de suas vidas e da relevância de suas obras.
 
1. São Gregório viveu de 951 a 1003. Nasceu na Armênia, seu pai foi um Arcebispo (dado que nas Igrejas do Oriente existe a possibilidade do sacerdócio de homens casados). Sua prima Anania de Narek, fundadora de um mosteiro local e de uma escola, foi como uma mãe para ele e o educou.
 
2. Foi monge e sacerdote. Ingressou em um mosteiro chamado Narekavank quando ainda era bastante jovem. Foi ordenado sacerdote com 25 anos. O lugar foi uma importante escola medieval na Armênia e foi destruído durante o Genocídio dos armênios em 1915, para ser substituído por uma mesquita.
 
3. Escreveu uma grande variedade de livros como tratados de teologia, cantos, melodias, cartas e orações.
 
4. Sua obra mais famosa é o Livro das Lamentações, hoje traduzido em diversos idiomas. Deixou como testamento espiritual um livro composto por 95 orações chamado “Falando com Deus das profundidades do coração”. 
 
5. Suas orações ainda são usadas na liturgia divina do rito armênio. Por exemplo, assim que sobe para o altar, o sacerdote recita em voz baixa a oração 33 do livro das lamentações.
 
6. É conhecido como “o anjo guardião de forma humana”. Muitos milagres estão associados a sua intercessão.
 

7. Sua festa se celebra em 13 de outubro. É venerado na Igreja Católica e na Igreja Armênia Apostólica, assim como na ortodoxa.


Terça, 24/02/2015 - ACI / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...