Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco abençoa um deficiente visual e o seu cão guia

Foto: Daniel Ibáñez (Grupo ACI)
Após a audiência geral na Praça São Pedro, o Papa Francisco voltou a demonstrar o seu carinho e proximidade aos doentes, comovendo de maneira especial a Mario Messina, um deficiente visual que foi a Roma acompanhado de seu cão guia.
 
Na saudação aos peregrinos que estavam na Praça São Pedro para participar da Audiência Geral, o Papa abençoou o deficiente visual e Domi, o seu cão fiel que sempre lhe acompanha. “Pedi-lhe que reze por mim e por meus seres queridos. E ele me pediu que reze por ele de maneira muito amigável”, explicou Messina em declarações a imprensa.
 
“Ele também se interessou pelo meu cão, por como me guia. Parecia que falava com um amigo, muito disponível e gentil, cuidou de mim”, acrescentou Messina.
 
Este italiano de Palermo foi ver o Papa junto com milhares de fiéis na Praça São Pedro, onde o Pontífice argentino convidou a “voltar a levar a fraternidade ao centro de nossa sociedade”.
 
Durante o seu tradicional percurso de Papamóvel pela Praça, o Papa Francisco também parou muitas vezes para abençoar os recém-nascidos, e trocar sorrisos e bênçãos com os fiéis.
 
Para a surpresa de muitos, quando estava na metade do caminho, o Santo Padre pediu para parar o automóvel e convidou um menino e uma menina de 10 anos para subir ao veículo e junto com eles continuou o seu percurso de bênçãos e saudações entre os fiéis.
 

O ingresso para as audiências gerais das quartas-feiras é gratuito e acessível a todos os fiéis. É necessário apenas reservar uma entrada através do Vaticano. O Pontífice costuma dedicar uns minutos para saudar todos os doentes ao final do encontro e conceder-lhes a sua bênção.


Segunda, 23/02/2015 - ACI/EWTN Noticias, Marta Jiménez / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...