Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O Papa surpreende e devolve donativo recebido durante viagem ao Sri Lanka

Igreja do Sri Lanka / Foto: Alan Holdren
Semanas depois da visita do Papa Francisco ao Sri Lanka realizada entre os dias 13 e 15 de janeiro, a imprensa desse país asiático divulgou o gesto de caridade feito pelo Santo Padre em silêncio para os mais necessitados do país, onde 40 por cento da população vive em condições de pobreza.

Conforme informou o site do governo do Sri Lanka, o Papa Francisco devolveu à Igreja Católica no Sri Lanka o cheque de 70.000 dólares que o Arcebispo de Colombo (Sri Lanka), Cardeal Malcolm Ranjith, entregou-lhe em 14 de janeiro ao término da Missa em Colombo, onde participaram meio milhão de pessoas.

O dinheiro estava destinado para as obras de caridade do Papa, mas ao dia seguinte, antes de seguir viagem para Manila, Filipinas, o Pontífice devolveu a doação ao Cardeal Ranjith e o alentou a reparti-la entre os mais pobres.

Atendendo ao pedido do Papa Francisco, o Cardeal repartiu a doação entre os bispos para que seja utilizada nas diferentes dioceses em favor dos pobres e mais necessitados.

Na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium o Papa recorda que “os pobres são os destinatários privilegiados do Evangelho, e a evangelização dirigida gratuitamente a eles é sinal do Reino que Jesus veio trazer. Há que afirmar sem rodeios que existe um vínculo indissolúvel entre a nossa fé e os pobres”.

“Deriva da nossa fé em Cristo, que Se fez pobre e sempre Se aproximou dos pobres e marginalizados, a preocupação pelo desenvolvimento integral dos mais abandonados da sociedade”, anima o Pontífice.



Quinta, 19/02/2015 - ACI, Marta Jiménez / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...