Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/04/2018

“Queridos filhos,

Através do Grande Amor do PAI CELESTIAL, EU estou com vocês como sua MÃE e vocês estão comigo como MEUS filhos, como Apóstolos do Meu Amor que sem cessar, reúnem-se em torno de MIM.

Filhos MEUS, vocês são aqueles que, como a oração, devem abandonar-se totalmente ao MEU FILHO, a fim de que não sejam mais vocês a viverem, mas o MEU FILHO em vocês; de modo que todos aqueles que não O conheçam, O vejam em vocês e desejem conhecê-lo.

Rezem para que eles vejam em vocês uma humildade decidida e bondade, disponibilidade a servir os outros; que vejam que vocês vivem a sua vocação no mundo com o coração, em comunhão com o MEU FILHO. Que eles vejam em vocês mansidão, ternura e amor ao MEU FILHO, como também aos seus irmãos e irmãs. Apóstolos do MEU AMOR, vocês devem rezar muito e purificar os seus corações de odo que sejam vocês os primeiros a caminhar no caminho do MEU FILHO de modo que sejam vocês os justos unidos pela JUSTIÇA do MEU FILHO.

Filhos MEUS, como MEUS Apóstolos vocês devem estar unidos na comunhão que flui do MEU FILHO, a fim de que os MEUS filhos que não conhecem o MEU FILHO reconheçam uma comunhão de amor e desejem caminhar no caminho da vida, no caminho da unidade com o MEU FILHO.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O Papa surpreende e devolve donativo recebido durante viagem ao Sri Lanka

Igreja do Sri Lanka / Foto: Alan Holdren
Semanas depois da visita do Papa Francisco ao Sri Lanka realizada entre os dias 13 e 15 de janeiro, a imprensa desse país asiático divulgou o gesto de caridade feito pelo Santo Padre em silêncio para os mais necessitados do país, onde 40 por cento da população vive em condições de pobreza.

Conforme informou o site do governo do Sri Lanka, o Papa Francisco devolveu à Igreja Católica no Sri Lanka o cheque de 70.000 dólares que o Arcebispo de Colombo (Sri Lanka), Cardeal Malcolm Ranjith, entregou-lhe em 14 de janeiro ao término da Missa em Colombo, onde participaram meio milhão de pessoas.

O dinheiro estava destinado para as obras de caridade do Papa, mas ao dia seguinte, antes de seguir viagem para Manila, Filipinas, o Pontífice devolveu a doação ao Cardeal Ranjith e o alentou a reparti-la entre os mais pobres.

Atendendo ao pedido do Papa Francisco, o Cardeal repartiu a doação entre os bispos para que seja utilizada nas diferentes dioceses em favor dos pobres e mais necessitados.

Na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium o Papa recorda que “os pobres são os destinatários privilegiados do Evangelho, e a evangelização dirigida gratuitamente a eles é sinal do Reino que Jesus veio trazer. Há que afirmar sem rodeios que existe um vínculo indissolúvel entre a nossa fé e os pobres”.

“Deriva da nossa fé em Cristo, que Se fez pobre e sempre Se aproximou dos pobres e marginalizados, a preocupação pelo desenvolvimento integral dos mais abandonados da sociedade”, anima o Pontífice.



Quinta, 19/02/2015 - ACI, Marta Jiménez / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...