Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O Papa não pretendia ferir os sentimentos do povo mexicano

Esclarecimento do Diretor da Sala de Imprensa vaticana, Padre Federico Lombardi, sobre a expressão “evitar a mexicanização” usada pelo Papa em um e-mail privado e informal, em resposta a um amigo argentino muito comprometido na luta contra as drogas, que tinha usado essa frase.

A Secretaria de Estado entregou uma Nota ao embaixador do México junto à Santa Sé na qual esclarece, que com a expressão “evitar a mexicanização” o Papa não tinha a intenção absolutamente de ferir os sentimentos do povo mexicano, que ama muito, nem ignorar o compromisso do Governo mexicano no combate ao tráfico de drogas.

Como é de conhecimento, a expressão “evitar a mexicanização”, fora usada pelo Papa em um e-mail de caráter estritamente privado e informal, em resposta a um amigo argentino muito comprometido na luta contra as drogas, que tinha usado essa frase.

A Nota destaca que, evidentemente, o Papa não tinha outra intenção do que chamar a atenção para a gravidade do fenômeno do tráfico de drogas que afeta o México e outros países da América Latina. E precisamente por causa dessa gravidade, a luta contra o tráfico de drogas é uma prioridade do 

Governo; para contrastar a violência e dar novamente paz e serenidade às famílias mexicanas, combatendo as causas que estão na origem desta chaga.


Trata-se de um fenômeno, como outros na América Latina, para os quais em várias ocasiões, também nos encontros com os bispos, o Santo Padre chamou a atenção para a necessidade de se adotar em todos os níveis políticas de cooperação e de consulta.


Quarta, 25/02/2015 - RV / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...