Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Hoje a Igreja comemora o Dia Mundial da Vida Consagrada

Hoje, 2 de fevereiro, Festa da Apresentação do Senhor, a Igreja também celebra o Dia Mundial da Vida Consagrada que neste ano de 2015 tem uma importância especial já que se enquadra dentro do Ano da Vida Consagrada convocado pelo Papa Francisco. Confira abaixo alguns dados importantes sobre aquelas pessoas que decidiram consagrar as suas vidas ao serviço de Deus.

A vida consagrada está conformada por todos os batizados que se consagram a Deus através do rito de profissão ou o de consagração das virgens. Estes fiéis se comprometem a viver a pobreza, castidade e obediência, através da emissão de votos ou promessas.

Entre os diferentes ramos da Igreja Católica que fazem este oferecimento, se encontram os institutos de vida contemplativa (homens e mulheres em comunidades de clausura), institutos de vida apostólica (congregações religiosas masculinas e femininas, sociedades de vida apostólica), institutos seculares, ordem das virgens consagradas e novas formas de vida consagrada.

Segundo as estatísticas da Igreja Católica publicadas em outubro de 2014 pela agência vaticana Fides, há no mundo 1.216 bispos pertencentes a ordens religiosas, 134.752 sacerdotes religiosos, 538 diáconos permanentes religiosos, 55.314 religiosos não sacerdotes e 702.529 religiosas.

A Igreja conta também com 711 membros de institutos seculares masculinos e 24.702 membros de institutos seculares femininos. Por outro lado, o número de seminaristas maiores religiosos é de 48.062 e os seminaristas menores religiosos são 22.749.

Em novembro de 2014 o Papa Francisco, que foi ordenado sacerdote na Companhia de Jesus, enviou uma carta apostólica a todos os consagrados para assinalar os objetivos do Ano da Vida Consagrada, que começou em 30 de novembro de 2014 e que terminará em 2 de fevereiro de 2016.

O primeiro é “olhar com gratidão o passado” para “manter viva a própria identidade, sem fechar os olhos às incoerências, fruto das fraquezas humanas, e talvez mesmo qualquer esquecimento de alguns aspectos essenciais do carisma”.

O segundo objetivo é “viver com paixão o presente”, assim como “o Evangelho em plenitude e com espírito de comunhão”. Por último, o terceiro objetivo é “abraçar com esperança o futuro, sem desanimar-se por tantas dificuldades que se encontram na vida consagrada a partir da crise vocacional”.

Por outro lado, em uma nota publicada na Rádio Vaticano, o Secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, Dom José Rodríguez, enviou recentemente uma mensagem por ocasião do Dia Mundial da Vida Consagrada que se celebra hoje.

Em suas palavras, o Prelado motivou os consagrados a darem “testemunho gozoso, alegre da beleza da vocação com a qual fomos enriquecidos sem mérito próprio”.
“Temos que ser protagonistas da cultura do encontro que é tão falada pelo Santo Padre. Temos que sair dos nossos ninhos. A vida consagrada não pode ser autorreferencial, a vida consagrada está para dar testemunho”, acrescentou.

Dom Rodríguez recordou que “o centro da nossa vida comunitária” é Cristo, “é a Ele a quem queremos seguir, é a Ele a quem queremos entregar a nossa vida, é a Ele a quem queremos dizer sim com renovado entusiasmo e com renovada paixão”.



Segunda, 02/02/2015 - ACI, Abel Camasca / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...