Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Físico italiano considera que a imagem do Santo Sudário foi impressa por uma "explosão" de energia

O cientista italiano Giuseppe Baldacchini, especialista no Santo Sudário, afirma que o também chamado Sudário de Turim ainda não tem explicação científica e considera que a imagem impressa no tecido é verdadeira.
 
O Santo Sudário é o fragmento de tecido que envolveu o corpo de Jesus Cristo depois de sua crucificação. O tecido tem impresso o rosto e o corpo maltratados de um homem que coincide com a descrição do Senhor.
 
Em declarações à Rádio Vaticano, o especialista afirmou que como fiel da Igreja Católica “estou extremamente interessado, porque se como acredito, o Sudário é verdadeiro, todos os sinais presentes na imagem concordam muitíssimo com o que está escrito no Evangelho a respeito da Paixão e Morte de Jesus Cristo. Portanto, isto deveria fazer-nos refletir sobre a veracidade deste tecido, que costuma ser colocada em dúvida por muitas pessoas”.
 
Por outro lado, como cientista e especialista em física, assegurou que tem uma enorme curiosidade por explicar a natureza do Santo Sudário. “É tudo verdadeiramente fascinante, porque quando não se consegue resolver um problema, nós gostamos de chegar até o final até encontrar as razões do por que deste fenômeno”, expressou.
 
O professor assinalou que estão procurando novas hipóteses para dar uma explicação à criação da imagem, e embora se tenha chegado à conclusão de que teria sido formada por um “flash” fora do comum, a ciência ainda não conseguiu explicar a origem desta luz.
 
“Meus estudos como físico me permitiu fazer várias hipóteses sobre a possibilidade que a imagem se deva a uma explosão de energia. E esta hipótese foi verificada em um laboratório com o uso de fontes de laser muito particulares”.
 
“Depois de um longo trabalho demostramos que na realidade, em certas condições, esta fonte laser pode produzir as imagens similares ao Sudário. É claro que com esta fonte vem simulada uma explosão de luz. Então ficou corroborado com medidas científicas que um relâmpago de luz havia produzido este Sudário”, disse.
 
Segundo a história da Igreja, os primeiros cristãos levaram consigo o Sudário para preservá-lo da perseguição. Desde Jerusalém e ao longo dos séculos, atravessaram Edesa, Constantinopla, Atenas, Lirey, Chambery e finalmente, chegaram a Turim, onde hoje em dia, foi objeto de numerosas investigações, e onde encontraram que este trajeto descrito pela história da Igreja, coincide com a procedência dos 57 tipos de pólen que aparecem incrustados no tecido.
 
Durante a sua permanência na França em 1632, o Sudário foi recuperado de um incêndio na França. Isto não permite aos cientistas de hoje datar com segurança a sua origem, já que as mudanças químicas que se produzem em uma reação química como a combustão, falsificam os resultados da prova de datação com Rádio C-14.
 
Estudos em tecidos do primeiro século expostos às mesmas condições físicas e químicas que sofreu o Sudário, demonstraram que depois da prova de C-14, variavam sua datação em diversos séculos, além disso, com resultados muito próximos aos provados no Sudário, cuja datação a situariam no décimo quarto século depois de Cristo.
 
O Sudário de Turim será exposto em 2015
 
De 19 a 24 de junho deste ano haverá a exposição de maneira extraordinária o Sudário de Turim. O Papa Francisco visitará o Santo Sudário em 21 de junho, e além disso, aproveitará a ocasião para recordar São João Bosco, que estará sendo comemorado pelo bicentenário de seu nascimento.
 

Em referência ao Sudário de Turim, o Papa Francisco afirmou que “o homem do Sudário nos convida a contemplar Jesus de Nazaré... e nos leva a subir o Monte Calvário... a submergirmos no silêncio eloquente do amo”.


Segunda, 09/02/2015 - ACI, Marta Jiménez / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...