Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Decapitações: Papa manifesta "profundo e triste sentimento"

A decapitação de mais de 20 cristãos coptas provocou no Papa um “profundo e triste sentimento”.

Em audiência aos representantes da Igreja da Escócia, falando sobre ecumenismo, Francisco recorreu à sua língua materna para expressar a sua comoção:

“Hoje, pude ler sobre a execução daqueles 21, 22 cristãos coptas. Diziam somente: “Jesus ajude-me”. Foram assassinados pelo simples fato de serem cristãos. O sangue dos nossos irmãos cristãos é um testemunho que clama. Sejam católicos, ortodoxos, coptas, luteranos, não importa: são cristãos! E o sangue é o mesmo. O sangue confessa Cristo. Recordando esses irmãos que morreram pelo simples fato de confessar Cristo, peço que nos encorajemos uns aos outros para prosseguir neste ecumenismo, que está encorajando o ecumenismo de sangue. Os mártires são de todos os cristãos”.

O vídeo mostrando a decapitação em massa de reféns cristãos coptas foi divulgado por militantes na Líbia, que alegaram fazer parte do grupo Estado Islâmico.

O vídeo, divulgado neste domingo, mostra vários homens vestidos com macacões laranja sendo conduzidos ao longo de uma praia, cada um acompanhado por um militante mascarado. Os homens são obrigados a se ajoelhar e, em seguida, um militante vestido diferente dos outros, fala para a câmera em inglês. Logo em seguida os reféns são colocados com o rosto virado para baixo e decapitados simultaneamente.

Ecumenismo

A delegação da Igreja da Escócia (Reformada) era liderada pelo Moderador John P. Chalmers. Em 
seu discurso, o Papa declarou-se satisfeito com as boas relações entre as duas Igrejas, recordando que no mundo globalizado e frequentemente desorientado, um testemunho cristão comum é um requisito necessário para que os esforços de evangelização seja incisivos.

“Somos peregrinos e juntos peregrinamos”, disse Francisco, que ressaltou que somente unindo forças será possível enfrentar os desafios do mundo contemporâneo.


Segunda, 16/02/2015 - RV / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...