Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

TV Aparecida transmite Solenidade da Conversão de São Paulo neste domingo direto de Roma

A Igreja celebra no dia 25 de janeiro a Festa Litúrgica da Conversão de São Paulo, Apóstolo. O dia do santo, considerado o Apóstolo das nações, é celebrado junto com São Pedro, dia 29 de junho, mas sua conversão teve tanta importância para a Igreja que mereceu uma celebração à parte.   São Paulo é um exemplo de perseverança e testemunho de fé. Tornou-se um ardoroso e incansável missionário que dedicou sua vida à pregação do Evangelho. Nem o próprio martírio conseguiu separá-lo de Jesus Cristo.

A TV Aparecida transmite neste domingo diretamente de Roma, às 14h30, hora de Brasília, a missa presidida pelo papa Francisco, para celebrar esse momento de fé e conversão. A celebração acontece na Basílica São Paulo fora dos muros, dedicada ao apóstolo.

Saiba mais sobre a história da conversão de Paulo:

Saulo, nascido em Tarso, cidade da atual Turquia, foi detido a caminho de Damasco, por meio de um encontro inusitado e inesperado com Alguém a quem ele negava e perseguia. Este encontro foi tão marcante que o jogou por terra, tirando-lhe a vista e tornando-o dependente dos demais. Um homem que antes perseguia, maltratava e aprisionava os cristãos, agora se torna frágil e dependente, todavia não por muito tempo, mas somente para o período necessário à “transformação atômica” do seu ser. Após esse encontro, ele sentiu-se profundamente tocado, assim como os átomos que são excitados com a energia atômica. Todavia o que o tocou não foi uma energia atômica, mas algo muito mais potente e mais sublime que esta. Ele foi tocado pelo Amor! Era isso que faltava na vida dele, que era um verdadeiro seguidor da lei. Faltava o Amor, que é Jesus!

Ele sofreu uma transformação radical em contato com o Amor e a partir daquele momento não poderia mais ser o mesmo, nem estar fechado no seu mundo de judeu observante da lei e da religião judaicas, mas tinha de ir proclamar a todo o mundo, que este Amor é Jesus de Nazaré, a quem, antes, ele perseguia ferozmente.

Neste ponto entra em questão a segunda parte da definição de conversão. Após a conversão não se pode ficar estático, mas se deve ter “manifestações físicas” e “emissões de raios X característicos”. Isso aconteceu com Paulo, pois, após sua conversão ao Amor, ele se tornou o apóstolo de todas as gentes.

Portanto, a Festa da Conversão de São Paulo pode levá-lo a dois questionamentos fundamentais para as práticas cristãs: Você já recebeu Jesus, que é Amor, e fez sua experiência pessoal com Ele? Ou vive no seguimento de leis e estatutos, que por si só não têm vida?


Paulo viveu há aproximadamente dois mil anos na Terra Santa, mas, hoje, o encontro com Jesus pode acontecer com você, aí onde você está agora. Basta estar atento à voz do Deus-Amor e aceitá-Lo.


Sábado, 24/01/2015 - Ana Santos TV Aparecida / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...