Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Organização defensora da família denuncia que documento do UNICEF “viola gravemente” os direitos das crianças

O Jornalista e blogueiro Paulo Alves, editor deste blog, apoia a organização defensora da família CitizenGO  que lançou uma campanha de assinaturas criticando um documento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), que “viola gravemente” os direitos das crianças.

CitizenGO denunciou que recentemente o UNICEF “realizou uma declaração oficial sobre ‘orientação sexual e identidade de gênero’ na qual pede aos países que reconheçam os casais do mesmo sexo”.

Além disso, UNICEF “censura as normas que restringem a promoção da homossexualidade na infância”.

“Tudo isso, supostamente, para proteger os direitos das crianças e velar pelo seu melhor interesse”.

A campanha foi assinada até a data por mais de 15 mil pessoas.

CitizenGO questionou se acaso UNICEF considera “que existe uma espécie de ‘direito especial’ para doutrinar as crianças na ideologia do gênero’”.

“Considera que devem ser objeto da promoção de valores e condutas homossexuais?”.

A organização defensora da família recordou ao UNICEF que “o mal chamado ‘matrimônio’ homossexual não está em nenhum tratado internacional. E o pior é que atenta gravemente contra os interesses do menor e o princípio da não ingerência”.

“A Convenção dos Direitos da Criança reconhece a família (formada por pai e mãe) como o ‘fundamento natural da sociedade’ e o ‘ambiente natural para o crescimento e o bem-estar de seus membros, especialmente das crianças’”.

CitizenGO assegurou que “com o texto polêmico, UNICEF não protege os direitos das crianças mas os viola gravemente”.

“UNICEF é financiado pelos governos, mas também pelas doações particulares, especialmente dos christmas de Natal. Como comemorar o Natal com um ataque tão brutal contra os direitos das crianças?”.

CitizenGO alentou os assinantes de sua campanha a escreverem “aos responsáveis pelo UNICEF na América Latina e Caribe para recordar-lhes que as crianças precisam de um pai e de uma mãe”.

Para assinar a campanha e enviar a mensagem aos diretores do UNICEF, ingresse em: http://www.citizengo.org/es/15109-unicef-ninos-necesitan-un-padre-y-una-madre



Terça, 06/01/2015 - ACI/EWTN Noticias / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...