Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Santuário do Pai das Misericórdias vai integrar Turismo Religioso no Brasil

“Sejam misericordiosos. Esta é a direção que o Pai quer dar aos filhos, seja qual for o credo ou mesmo para aqueles que não crêem”, afirmou o vice-reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, padre Márcio José do Prado. O santuário da Comunidade Canção Nova, localizado em Cachoeira Paulista (SP), será inaugurado na noite desta sexta-feira, dia 5 de dezembro, e vai integrar o Circuito Religioso do Vale do Paraíba, interior do estado de São Paulo.

O templo, que pode ser visto da Rodovia Presidente Dutra, tem capacidade para acolher mais de cinco mil pessoas. A construção tem o formato de uma mão, que faz alusão ao cuidado e ao auxílio de Deus para com seus filhos. Na parede ao fundo do presbitério, um mosaico com 27m de altura e 730m² reproduz a Parábola do Filho Pródigo (Lc 15, 11-32).

“A linha principal do projeto, que chamamos de litúrgica e de arte-sacra do Santuário, é justamente esta mensagem da misericórdia de Deus”, destacou a arquiteta responsável pela obra, Maria Eduarda Vieira, missionária da Canção Nova.

Entre as autoridades religiosas que participarão da Cerimônia de Dedicação estão o Bispo Emérito de Leiria-Fátima, em Portugal, Dom Serafim de Sousa Ferreira e Silva, o Bispo Maronita no Brasil, Dom Edgard Madi, e o Fra Dobromir Jasztal, Vigário Custodiale dsa Terra Santa – responsável pela acolhida dos peregrinos que chegam à Terra Santa.

A Cerimônia de Dedicação do Santuário terá início às 18h e será presidida pelo Bispo da Diocese de Lorena, Dom João Inácio Müller. A solenidade, que pode ser traduzida como consagração ou sagração, será marcada por três momentos: a bênção das paredes e do altar (aspersão da água benta) e a oração da Ladainha de Todos os Santos; a unção do altar e das paredes com o óleo do Crisma; e, por último, todo o Santuário será incensado.

“O que vemos é um milagre aos nossos olhos. O Santuário do Pai das Misericórdias é o lugar onde Deus vai receber uma multidão de filhos para acolhê-los no Seu abraço infinito, cumprindo à sua promessa: ‘Meus olhos estarão abertos e os ouvidos atentos à oração feita neste lugar. Pois agora escolhi e santifiquei esta casa dedicada a meu nome para sempre. Meus olhos e meu coração estarão nela todo o tempo’ (2Cr 7,15-16)”, disse Luzia Santiago, co-fundadora da CN.

O santuário será um presente para o fundador da Canção Nova, Monsenhor Jonas Abib, que completa 50 anos de sacerdócio no dia 8 de dezembro.

 
“Foi por meio de Monsenhor Jonas que me encontrei com Cristo. Em 41 anos ao seu lado, o que mais me impressiona é sua “gana” pelas almas, seu ardor apostólico, sua urgência de evangelizar, de anunciar a Boa Nova no poder do Espírito Santo. Além de Fundador da Comunidade, ele foi fonte de inspiração para o nascimento de outros carismas e diferentes formas de vida cristã. Seu sacerdócio, por todo o Brasil, fez fecundar novas vocações, novos padres para a Igreja”, enfatizou Luzia.


Quinta, 04/12/2014 - ACI / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...