Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Santuário do Pai das Misericórdias vai integrar Turismo Religioso no Brasil

“Sejam misericordiosos. Esta é a direção que o Pai quer dar aos filhos, seja qual for o credo ou mesmo para aqueles que não crêem”, afirmou o vice-reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, padre Márcio José do Prado. O santuário da Comunidade Canção Nova, localizado em Cachoeira Paulista (SP), será inaugurado na noite desta sexta-feira, dia 5 de dezembro, e vai integrar o Circuito Religioso do Vale do Paraíba, interior do estado de São Paulo.

O templo, que pode ser visto da Rodovia Presidente Dutra, tem capacidade para acolher mais de cinco mil pessoas. A construção tem o formato de uma mão, que faz alusão ao cuidado e ao auxílio de Deus para com seus filhos. Na parede ao fundo do presbitério, um mosaico com 27m de altura e 730m² reproduz a Parábola do Filho Pródigo (Lc 15, 11-32).

“A linha principal do projeto, que chamamos de litúrgica e de arte-sacra do Santuário, é justamente esta mensagem da misericórdia de Deus”, destacou a arquiteta responsável pela obra, Maria Eduarda Vieira, missionária da Canção Nova.

Entre as autoridades religiosas que participarão da Cerimônia de Dedicação estão o Bispo Emérito de Leiria-Fátima, em Portugal, Dom Serafim de Sousa Ferreira e Silva, o Bispo Maronita no Brasil, Dom Edgard Madi, e o Fra Dobromir Jasztal, Vigário Custodiale dsa Terra Santa – responsável pela acolhida dos peregrinos que chegam à Terra Santa.

A Cerimônia de Dedicação do Santuário terá início às 18h e será presidida pelo Bispo da Diocese de Lorena, Dom João Inácio Müller. A solenidade, que pode ser traduzida como consagração ou sagração, será marcada por três momentos: a bênção das paredes e do altar (aspersão da água benta) e a oração da Ladainha de Todos os Santos; a unção do altar e das paredes com o óleo do Crisma; e, por último, todo o Santuário será incensado.

“O que vemos é um milagre aos nossos olhos. O Santuário do Pai das Misericórdias é o lugar onde Deus vai receber uma multidão de filhos para acolhê-los no Seu abraço infinito, cumprindo à sua promessa: ‘Meus olhos estarão abertos e os ouvidos atentos à oração feita neste lugar. Pois agora escolhi e santifiquei esta casa dedicada a meu nome para sempre. Meus olhos e meu coração estarão nela todo o tempo’ (2Cr 7,15-16)”, disse Luzia Santiago, co-fundadora da CN.

O santuário será um presente para o fundador da Canção Nova, Monsenhor Jonas Abib, que completa 50 anos de sacerdócio no dia 8 de dezembro.

 
“Foi por meio de Monsenhor Jonas que me encontrei com Cristo. Em 41 anos ao seu lado, o que mais me impressiona é sua “gana” pelas almas, seu ardor apostólico, sua urgência de evangelizar, de anunciar a Boa Nova no poder do Espírito Santo. Além de Fundador da Comunidade, ele foi fonte de inspiração para o nascimento de outros carismas e diferentes formas de vida cristã. Seu sacerdócio, por todo o Brasil, fez fecundar novas vocações, novos padres para a Igreja”, enfatizou Luzia.


Quinta, 04/12/2014 - ACI / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...