Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 25/12/2017

“Queridos filhos ! Hoje os trago o MEU FILHO que da a vocês a SUA PAZ e a SUA BENÇÃO. Filhinhos, os convido a todos a viver e a testemunhar as graças e dons que vocês receberam. Não temam ! Rezem a fim de que o Espírito Santo os de a força de serem alegres testemunhas e pessoas de paz e esperança. obrigada por terem respondido ao MEU CHAMADO.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Oração

A única pessoa que precisa saber da sua oração é Deus! A oração que agrada ao Senhor Nosso Deus é aquela que é feita no silêncio do coração! “Ficai atentos para não praticar a vossa justiça na frente dos homens, só para serdes vistos por eles” (Mateus 6-1). A Palavra de Deus vem hoje ao nosso encontro para nos ajudar a purificar as nossas intenções e as nossas atitudes em tudo aquilo que realizamos, a começar pelas nossas orações. Há pessoas que gostam de se aparecer quando estão rezando, elas conversam com você com o terço na mão, e falam para todo o mundo ver que elas estão rezando. Não, a oração que agrada a Deus não é essa, feita pela quantidade e pela demonstração que você reza.

A única Pessoa que precisa saber da sua oração é Deus, por isso a oração deve ser feita no quarto interior, no silêncio do recolhimento, onde comigo mesmo vou ao encontro d’Aquele que é o único e eterno, o Senhor Nosso Deus.

Não faça nada para ser visto, não precisa rezar em voz alta para incomodar os outros, fazer barulho para que todo mundo veja que você está rezando. A oração que agrada ao Senhor Nosso Deus é aquela que é feita no silêncio do coração! Claro que você pode falar algo, mas ninguém deve orar para chamar atenção ou para o outro dizer: “Como ele é piedoso! Como ele anda com um terço na mão e como ele reza!”. A oração que agrada o coração do nosso Deus é outra.

Da mesma forma, a nossa caridade precisa ser exemplar, deve ser uma caridade inflamada, mas não deve ser feita para colocar uma placa sobre nós: “Olha como eu sou caridoso! Olha como eu gosto de dar esmola e como ajudo os outros!”. Não deve ser assim. Como nos ensina Jesus, "Que a sua mão direita não saiba o que fez a sua esquerda" (cf. Mt 6,1-4).



Quarta, 10/12/2014 - Inácio Júnior
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...