Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Orquestra de crianças e jovens do Recife se apresenta para o Papa Francisco

 A Orquestra Criança Cidadã, projeto social brasileiro que atua no resgate de crianças e adolescentes carentes da capital pernambucana por meio da música, se apresenta ontem (31/10) para o papa Francisco, na Itália. O concerto privado foi na Sala Clementina, no Vaticano. O convite veio da organização Catholic Fraternity, associação privada de direito pontifício.

Sob a regência do maestro Nilson Galvão Jr., foi executadas obras como Concerto de Brandenburgo nº 3, de Bach, As Quatro Estações, de Vivaldi, e trechos da Serenata, composta por Tchaikovsky. Houve ainda a participação especial da violinista japonesa Yoko Kubo.

Segundo o regente, o repertório é basicamente erudito e sacro. “ Foi feito também uma homenagens tocamos um tango e o hino do São Lourenço, que é o time do papa Francisco”, disse.


O projeto Criança Cidadã nasceu há oito anos na comunidade do Coque, na época um dos bairros mais violentos da capital pernambucana, sendo idealizado pelo juiz de direito João Targino. Atualmente, ele atende a 170 jovens e crianças de forma gratuita.

De acordo com o maestro Nilson Galvão Jr., a música ajuda a formar o cidadão, despertando a sensibilidade, além de disciplinar as crianças e os jovens. “ Tocar um instrumento de corda, um violino, um contrabaixo, um violoncelo, requer muita disciplina”, destacou.

São oferecidas ainda aulas de reforço, idiomas, informática e assistência psicológica.
Muitos dos que entraram no projeto ainda pequenos, cresceram e têm profissão. É o caso de João Pedro Lima, que toca violino. Ele começou na orquestra aos 10 anos e hoje, aos 18, é professor adjunto, tem carteira assinada e por meio de um convênio, pôde estudar música na Alemanha. “Ouvi falar do projeto por um primo e o meu primeiro pensamento foi não ir , mas mudei de ideia e hoje estou trabalhando como professor assistente em Ipojuca. Estou em Roma e este momento especial, de tocar para o papa Francisco, vou levar para toda a vida”, disse.

O maestro explicou que o projeto tem hoje três orquestras. A que vai tocar para o papa é formada por jovens e crianças que estudam música há pelo menos cinco anos. O mais jovem tem 11 anos.

Nilson Garcia Jr. disse que está difícil administrar a expectativa do grupo para o concerto de hoje. Para ele, esses meninos e jovens são artistas de verdade. “Mesmo que daqui a dois anos eles resolvam fazer arquitetura, direito ou administração, sabemos que não desperdiçaram seu talento”, acrescentou.

Após a passagem pela Itália, os meninos do Coque se apresentam em Lisboa, para o primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, no dia 4 de novembro.

Sábado, 01/11/2014 - Agência Brasil / Seculo 21 / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...