Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O que se pede aos bispos e sacerdotes para que vivam o serviço na Igreja?

Na audiência geral de hoje, diante de milhares de fiéis reunidos na Praça São Pedro, o Santo Padre centrou a sua catequese nas virtudes que devem ter um bom bispo, um bom sacerdote e um bom diácono. “O que é pedido a estes ministros da Igreja, para que possam viver de modo autêntico e fecundo o próprio serviço?”, questionou.

“São Paulo, em suas cartas pastorais, além de uma fé firme e uma vida espiritual sincera, enumera algumas qualidades humanas essenciais para estes ministérios: o acolhimento, a sobriedade, a paciência, a mansidão, a confiança, a bondade de coração… qualidades, que fazem possível oferecer um serviço e um testemunho realmente alegre e credível”, destacou na Praça São Pedro.

Para o Papa “este é o alfabeto, a gramática de base de cada ministério! Deve ser a gramática de base de cada bispo, de cada padre, de cada diácono” e “sem esta predisposição não é possível oferecer um serviço e um testemunho realmente alegre e credível”.

“O Apóstolo exorta a reviver continuamente o dom que receberam pela imposição das mãos. A consciência de que tudo é dom, tudo é graça, também ajuda um Pastor a não cair na tentação de colocar-se no centro da atenção e de confiar apenas em si mesmo”.

O Santo Padre disse logo: “Ai de um bispo, um sacerdote ou um diácono se pensassem saber tudo, ter sempre a resposta correta para cada coisa e não precisar de ninguém”.

“Estando na consciência de ser chamado a proteger com coragem o depósito da fé, ele se colocará em escuta do povo. É consciente, de fato, de ter sempre algo a aprender, mesmo com aqueles que podem ser ainda distantes da fé e da Igreja. Com os próprios irmãos, depois, tudo isto deve levar a assumir uma atitude nova, com o compromisso da partilha, da corresponsabilidade e com a comunhão”, explicou.

É por esta razão que “deve estar sempre viva a consciência de que não se é bispo, sacerdote ou diácono se é mais inteligente, melhor que os outros, mas somente em força de um dom, um dom de amor dado por Deus, no poder do seu Espírito, para o bem do seu povo”.

Portanto, “a atitude de um ministro não poderá nunca ser autoritária, mas deve ser misericordiosa, humilde e compreensiva”.

De fato, um bispo “não poderá assumir nunca uma atitude autoritária, como se toda a comunidade estivesse aos seus pés”, por isso “não deverá cair na tentação de colocar-se no centro da atenção e confiar só em si mesmo”.

“Os pastores deverão ser ‘imagem viva da comunhão e do amor de Deus’”, ressaltou.



Quarta, 12/11/2014 - ACI/EWTN Noticias / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...