Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco afirma que "a formação do presbítero deve ser permanente"

Participantes da Plenária da Congregação para o Clero tiveram encontro com o papa Francisco, na manhã desta sexta-feira, 3. Entre os membros presentes, estão os bispos brasileiros, os cardeais João Braz de Avis, presidente da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, e Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo (SP).

Na ocasião, o papa disse que a formação do presbítero deve ser permanente. Francisco relembrou, ainda, a finalidade da Congregação para o Clero, comprometida com a vocação, formação e evangelização.

Para o papa, "a vocação é como um 'diamante bruto' a ser lapidado, para que brilhe em meio ao povo de Deus". De acordo com o papa, a formação não é um ato unilateral, com o qual se transmitem noções teológicas ou espirituais, mas é colocar-se em caminho permanente na escola de Cristo. Este percurso nunca termina, pois seus discípulos jamais deixam de seguir o Mestre.

“Às vezes somos ágeis, outras vezes o nosso passo é incerto, ficamos parados e podemos inclusive cair, mas sempre permanecendo em caminho. Portanto, a formação enquanto discipulado acompanha toda a vida do ministro ordenado e diz respeito integralmente à sua pessoa, intelectualmente, humanamente e espiritualmente”, recomendou o papa.

Missão e compromisso

Os padres são chamados a serem pastores, convidados a estarem em meio ao rebanho. Para o papa, os presbíteros devem evitar a tentação de se preocuparem com o consenso dos outros e com o próprio bem-estar, mas buscar trabalhar animados pela caridade pastoral, para o anúncio do Evangelho até as periferias mais remotas. “Trata-se de ‘ser’ padres, não se limitando a ‘agir’ como padres, livres de todo mundanismo espiritual”, advertiu Francisco. 


Sexta, 03/10/2014 - CNBB / informações e imagens da Rádio Vaticano / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...