Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco conta como uma mãe ensinou aos seus filhos a compartilharem um prato de comida

Através dos santos e santas a Igreja ensina a dar de comer e beber aos mais necessitados, recordou o Papa Francisco nesta quarta-feira durante a Audiência Geral. Entretanto, disse que isso também o fazem “tantos pais e mães” que educam aos seus filhos na misericórdia, como lhe contou uma mãe e cujo exemplo “me ajudou tanto”.

“Uma vez uma mãe me contava – na outra diocese – que queria ensinar isso aos seus filhos e dizia a eles para ajudar e dar de comer a quem tem fome; ela tinha três filhos. E um dia, no almoço – o pai estava fora a trabalho, estava ela com os três filhos, pequenos, 7, 5 e 4 anos, mais ou menos – e bateram à porta: era um senhor que pedia o que comer”.

“E a mãe lhe disse: ‘Espere um minuto’. Entrou e disse aos filhos: ‘Há um senhor ali que pede o que comer, o que fazemos?’. ‘Demos a ele o que comer, mãe, demos a ele!’. Cada um tinha no prato um bife com batatas fritas. ‘Muito bem – disse a mãe – peguemos a metade de cada um de vocês e demos a ele a metade do bife de cada um’. ‘Ah não, mãe, assim não é bom!’. ‘É assim, você deve dar do seu’. E assim esta mãe ensinou aos filhos a dar de comer da própria comida. Este é um belo exemplo que me ajudou muito”.

“’Mas não me sobra nada…’. ‘Dai do teu!’. Assim nos ensina a mãe Igreja. E vocês, tantas mães que estão aqui, sabem o que devem fazer para ensinar aos seus filhos para que partilhem as suas coisas com quem tem necessidade”, afirmou o Papa.



Quarta, 10/09/2014 - ACI/EWTN Noticias / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...