Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Jovem que desistiu de abortar após ver ultrassonografia do seu bebê compartilha sua história de um "quase aborto"

Através de um vídeo do YouTube,(Veja vídeo abaixo) intitulado “My almost abortion story (“Minha história de quase aborto”), uma jovem de 20 anos relatou como desistiu da sua tentativa de submeter-se a um aborto depois de ver a ultrassonografia do seu bebê.

A jovem, que se identifica como “AutumnBabydolllxx”, assinalou que, embora ela se considere “pró-escolha”, a experiência do aborto “é muito difícil de aguentar” e que “algumas garotas realmente lamentam por ter feito isso e sempre pensam nos seus bebês no futuro”.

AutumnBabydolllxx explicou a sua decisão de contar a sua história em um vídeo porque “queria dizer a todos como foi para mim, porque não passei por um bom momento lá (na clínica de abortos)”.

A conselheira da clínica de abortos, disse a jovem, era “honestamente, uma desgraçada”, e recordou ainda chateada que a mulher lhe disse que “porque tenho 20 anos não posso criar um bebê”.

Enquanto colocava o avental, preparando-se para o procedimento, AutumnBabydolllxx começou a refletir sobre “por que estou fazendo isto?”.

“Podia simplesmente imaginar-me segurando o meu segundo filho se me desfazia deste e pensava ‘bem, seu irmão não está aqui’… e eu simplesmente não podia viver com esse sentimento, pensando que vou me arrepender disto. Assim vi que isso não é para mim”, disse.

Mas o elemento definitivo para que se recuse ao aborto ainda estava por chegar.

Quando fizeram a ultrassonografia “foi quando realmente eu me dei conta da situação. Eles obviamente encontraram o bebê na ecografia e eu simplesmente não podia acreditá-lo”.

Enquanto saia da clínica, com sentimentos encontrados, a jovem recorda que dizia várias vezes ao seu namorado “o bebê estava realmente lá, o bebê estava realmente lá”.

“Não me arrependo” de rejeitar o aborto, assegurou a jovem. “Não posso evitar sorrir porque eu era tão negativa antes e estava tão assustada e não há por que ter medo”, disse.



Sexta, 19/09/2014 - ACI/EWTN Noticias / Paulo Alves


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...