Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa envia ajuda econômica aos perseguidos do Iraque

O Papa Francisco enviou uma ajuda de um milhão de dólares aos cristãos e outras minorias religiosas iraquianas que tiveram que deixar suas casas em fuga dos milicianos do Estado Islâmico. Uma parte desta doação foi levada pelo Cardeal Fernando Filoni, que esteve em missão especial no país.

O próprio cardeal revelou a notícia em entrevista à CNS, agência católica de notícias dos EUA. Dom Fernando visitou Erbil de 12 a 20 de agosto, e na volta, teve um encontro com o Papa para ilustrar a sua missão. Ele disse que levou consigo apenas um décimo da ajuda e que 75% do dinheiro foi entregue aos católicos e 25% à comunidade dos ‘yazidis’.

Em entrevistas a jornais italianos, o cardeal sugeriu uma missão de ‘capacetes azuis’ da ONU para proteger os refugiados cristãos forçados a abandonar suas casas. Dom Fernando também falou sobre a ameaça das organizações terroristas islâmicas: “Estes grupos atuam mostrando-se bem equipados com armas e dinheiro. A questão é ‘como é possível que este movimento de recursos tenha passado despercebido a quem devia controlar’” .



Domingo, 24/08/2014 - Rádio Vaticano / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...