Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

“Telefonema do Vaticano” restaura a fé de uma mulher que perdeu seu filho

Stephany Nicolo é uma mulher de 58 anos cuja fé desmoronou depois da morte de seu filho e, em meio à sua dor, ligou para o Vaticano para revoltada indagar por que Deus tinha permitido aquilo; entretanto, não pensou que dias depois de deixar seu número telefônico, um representante deixaria uma mensagem de voz da parte do Papa Francisco para lhe expressar suas condolências e enviar “um grande abraço e uma bênção”.

“Isto renovou minha fé e minha crença em Deus”, expressou a mulher à cadeia Fox News. Ela disse que precisou escutar a mensagem de voz várias vezes. “Sei que meu filho está em paz”. “Obrigado Papa Francisco”, manifestou Nicolo, de Wakefield, Massachusetts, para quem agora sua fé é mais forte. “Afinal de contas, ele é o Vigário de Cristo”.  

Seu filho Eric, de 25 anos, tinha morrido repentinamente em 14 de maio de um ataque epilético. Dias depois, Stephany ligou para a Santa Sé. “Eu estava muito, muito irada e dizia ‘já não acredito em Deus’”. A mulher, que tinha visitado o Vaticano em 2007, perguntou “por que Ele levaria o meu filho?”. Stephany recorda que estava “chorando incontrolavelmente” quando deixou seu número telefônico com um representante do Vaticano. Entretanto, nunca pensou que sua ligação teria sido respondidad.

Assim, na sexta-feira passada às 6:30am, um homem com sotaque inglês que se identificou como “representante do Vaticano”, deixou uma mensagem de voz no meu telefone dizendo que o Papa lhe enviava um “grande abraço e uma bênção”.

“Trataremos falar com você outra vez”, disse o representante Vaticano no segundo 33 da mensagem.

No fundo ouvia-se uma voz de um homem já de idade. Segundo Stephany essa voz poderia ser a do Papa Francisco. Um porta-voz da Santa Sé não pôde confirmar imediatamente que a voz de fundo seja a do Papa Francisco, mas Nicolo o afirma com fé e acrescenta “Eu quero que saiba que o amo”,  e assegurou que Francisco “me ajudou muito em meu tempo de dor. Não há palavras para descrever o que esta ligação fez por mim”.


WASHINGTON DC, 04 Jul. 14 - ACI / EWTN / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...