Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Nós devemos ser semeadores da Palavra de Deus

Queridos irmãos e irmãs, somos chamados a serem semeadores da Palavra de Deus, pois ela é motor de vida para que o mundo seja transformado e a gloria de Deus seja revelada. Mas para isto acontecer é preciso que haja terra boa em que ele se frutifique e dê frutos de vida em abundancia, de justiça e paz para todos.

No livro do Profeta Isaias nos mostra e compara a Palavra de Deus à CHUVA, que é uma dadiva de Deus, que vem a Terra, cumprindo a missão para molhar e dar condição para que a vida brote com todo seu esplendor. O contexto da época de Isaias era que o Povo de Deus estava no exílio e se encontrava cansado e desiludido de voltar à sua terra de origem, mas o profeta faz o anuncio que Deus é fiel à suas promessas e estará sempre com seu povo, ajudando, encorajando e libertando do mal.

A palavra de Deus é comparada a chuva e a neve, pois elas caem do céu e não voltam de novo sem terem produzido o efeito desejado. Deus jamais se esquece do seu povo, apesar das suas transgressões. (cf. Is 55,10-11)

São Paulo, na sua carta aos romanos nos orienta e nos ensina que o tempo de semeadura é sempre difícil, pois tem que esperar os efeitos dela. Isso causa muitas vezes angustias e dor. É a espera do inicio de nova vida que brota da transformação da Palavra de Deus que renova os nossos corações pra que sejamos autênticos cristãos. (cf. Rm 8,18-23)

No Evangelho de São Mateus, nos mostra a Parábola da semente e o semeador. Ele nos mostra para que dê fruto é preciso que a terra seja boa e favorável. A palavra de Deus só vai produzir fruto em nós se tivermos um coração a disponível a Deus e aos irmãos que precisam de nós. Não adianta ficar no superficialismo de nossas ideias e convicções, mas devemos fazer uma renovação de vida e conversão a Deus da vida que tudo pode em nós.

Devemos sempre procurar revolver em nós o amor, o perdão, a misericórdia, a disponibilidade, a solidariedade e fraternidade com todos. O reino Deus está disponível a todos, mas é preciso que trabalhemos em nós, na nossa família e no mundo, as condições necessárias que a Palavra de Deus semeada em nosso coração produza frutos de vida em abundancia. (cf. Mt 13,1-23)

Que esta liturgia nos ajude a encontrar sentidos para nossa vida, buscando as coisas do alto e levando-as pra a nossa realidade do dia a dia. Assim, a nossa missão da semente evangelizadora terá a alegria da colheita que todos participam. Louvado seja Jesus Cristo! 


Segunda, 21/07/2014 - Jose Benedito Schumann Cunha / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...