Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Nós devemos ser semeadores da Palavra de Deus

Queridos irmãos e irmãs, somos chamados a serem semeadores da Palavra de Deus, pois ela é motor de vida para que o mundo seja transformado e a gloria de Deus seja revelada. Mas para isto acontecer é preciso que haja terra boa em que ele se frutifique e dê frutos de vida em abundancia, de justiça e paz para todos.

No livro do Profeta Isaias nos mostra e compara a Palavra de Deus à CHUVA, que é uma dadiva de Deus, que vem a Terra, cumprindo a missão para molhar e dar condição para que a vida brote com todo seu esplendor. O contexto da época de Isaias era que o Povo de Deus estava no exílio e se encontrava cansado e desiludido de voltar à sua terra de origem, mas o profeta faz o anuncio que Deus é fiel à suas promessas e estará sempre com seu povo, ajudando, encorajando e libertando do mal.

A palavra de Deus é comparada a chuva e a neve, pois elas caem do céu e não voltam de novo sem terem produzido o efeito desejado. Deus jamais se esquece do seu povo, apesar das suas transgressões. (cf. Is 55,10-11)

São Paulo, na sua carta aos romanos nos orienta e nos ensina que o tempo de semeadura é sempre difícil, pois tem que esperar os efeitos dela. Isso causa muitas vezes angustias e dor. É a espera do inicio de nova vida que brota da transformação da Palavra de Deus que renova os nossos corações pra que sejamos autênticos cristãos. (cf. Rm 8,18-23)

No Evangelho de São Mateus, nos mostra a Parábola da semente e o semeador. Ele nos mostra para que dê fruto é preciso que a terra seja boa e favorável. A palavra de Deus só vai produzir fruto em nós se tivermos um coração a disponível a Deus e aos irmãos que precisam de nós. Não adianta ficar no superficialismo de nossas ideias e convicções, mas devemos fazer uma renovação de vida e conversão a Deus da vida que tudo pode em nós.

Devemos sempre procurar revolver em nós o amor, o perdão, a misericórdia, a disponibilidade, a solidariedade e fraternidade com todos. O reino Deus está disponível a todos, mas é preciso que trabalhemos em nós, na nossa família e no mundo, as condições necessárias que a Palavra de Deus semeada em nosso coração produza frutos de vida em abundancia. (cf. Mt 13,1-23)

Que esta liturgia nos ajude a encontrar sentidos para nossa vida, buscando as coisas do alto e levando-as pra a nossa realidade do dia a dia. Assim, a nossa missão da semente evangelizadora terá a alegria da colheita que todos participam. Louvado seja Jesus Cristo! 


Segunda, 21/07/2014 - Jose Benedito Schumann Cunha / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...