Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Blogueiros de Pernambuco definirão opinião dos internautas nas eleições de 2014

Engana-se quem acha que ‘Fã page em Facebook’ vai eleger algum candidato. Pra começar, apenas 10% dos usuários da rede social veem as publicações. E, mesmo assim, é preciso investir em ‘publicações patrocinadas’, para que a margem chegue a uma cerca de 70%. Diferente do twitter, que tem 95%, em média, de retorno, pois as postagens não são apresentadas para uma margem e sim, pro todo que estiver online.

Os partidos políticos já devem começar a planejar as ações táticas com ‘agentes digitais’ ou, em outras palavras, militância web, que tenha influência na rede. Além de contar com os militantes digitais é preciso ter influenciadores, com credibilidade, ou seja, não adianta criar 10 blogs ‘fakes’, que o conteúdo que deveria ser viral, será ‘mortal’. Simplificando!

O marketing de conteúdo desta campanha deve ser voltado para um grupo de ‘blogs parceiros’, que acompanham o candidato (A governo, senado, federal, etc) e outro grupo de impulsão de conteúdo em suas plataformas. Desta forma, o ‘site oficial’ do parlamentar “X’, segue com grandes referências no Google, no Facebook e o conteúdo ganha força. Além da força poderosa que é um blog, de determinado segmento ou público, que defende um partido ou parlamentar.

Mas, não adianta agregar com blogs que não tenham nada haver com o parlamentar e nem com as bandeiras que determinado ‘candidato’ a cargo político defenda. É preciso ter um eixo de ligação do conteúdo postado e do parlamentar promovido. Os ‘publieditoriais’ ou, em outras palavras, ‘posts patrocinados’, serão de vasta importância na hora de um eleitor vasculhar a vida pública do ‘deputado’, se for o caso.

O marketing de conteúdo e gestão de influenciadores em promoção na rede social será um ganho para quem encontrar este caminho. Os comitês digitais, formados por perfis populares no Facebook e também por personalidades do cenário musical, esportivo e blogueiros, são um grande diferencial.


Muitos já estão fechados com partidos e parlamentares. A campanha esta aí, com tudo e o jeito de fazer política é o mesmo. Só mudaram as estratégias e ambiente de influência. Há vários tipos de blogs. Uns mais jornalísticos e outros, opinativos, que geralmente tem uma visão política de esquerda ou direita, em suma.


Sexta, 04/07/2014 - Eldo Gomes / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...