Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco à Renovação Carismática: Permaneçam unidos no amor de Deus

O Papa Francisco se encontrou neste domingo com 52.000 membros da Renovação Carismática no estádio olímpico de Roma (Itália), onde os exortou a permanecer unidos no amor de Deus e deixar-se guiar pelo Espírito Santo, sem engaiolá-lo, assim como fugir das lutas internas porque estas vêm “do demônio”.

“Ensinai-nos –pediu o Papa a Deus- a não lutar entre nós para ter uma parcela mais de poder... a amar mais à Igreja que o nosso partido... a ter o coração aberto para receber o Espírito Santo”.

O Santo Padre, que recordou a importância da família como Igreja doméstica, afirmou que a “Renovação Carismática é uma grande força no serviço do Evangelho na alegria do Espírito Santo... Nos primeiros tempos diziam que vocês carismáticos estavam sempre com uma Bíblia, o Novo Testamento … Se não, voltem a este primeiro amor, sempre levar no bolso, na bolsa, a Palavra de Deus! E ler um trecho. Sempre com a Palavra de Deus.”.

O Papa também os exortou a não perder a liberdade que dá o Espírito Santo e não cair no perigo da organização excessiva. Advertiu que outro risco é tornar-se “controladores” da graça de Deus, administradores da graça decidindo quem podia receber a oração de efusão ou o batismo no Espírito.

“Se alguém faz assim, por favor, não façam mais isso, não faça mais isso! Vocês são dispensadores da graça de Deus, e não controladores!”, destacou.

Do mesmo modo, recordou que a adoração a Cristo é a base de toda evangelização, ecumenismo espiritual, cuidado com os pobres e necessitados e acolhida dos marginalizados. “O fundamento da renovação é amar a Deus”, assinalou.

Em seu discurso, Francisco disse que a primeira coisa que espera da Renovação Carismática, “é a conversão ao amor de Jesus que muda a vida e faz do cristão uma testemunha do Amor de Deus”.

“Espero de vocês que partilhem com todos, na Igreja, a graça do Batismo no Espírito Santo (expressão que se lê nos Atos dos Apóstolos). Espero de vocês uma evangelização com a Palavra de Deus que anuncia que Jesus é vivo e ama a todos os homens. Que vocês deem um testemunho de ecumenismo espiritual com todos os irmãos e irmãs de outras Igrejas e comunidades cristãs que creem em Jesus como Senhor e Salvador”.

“Que vocês permaneçam unidos no amor que o Senhor Jesus pede a nós e a todos os homens, na oração ao Espírito Santo para chegar a esta unidade, que é necessária para a evangelização, em nome de Jesus. Aproximem-se dos pobres, dos necessitados, para tocar neles, nas feridas de Jesus. Aproximem-se, por favor! Procurem a unidade na Renovação, porque a unidade vem do Espírito Santo e nasce da unidade da Trindade. A divisão, vem de quem? Do demônio! A divisão vem do demônio. Fujam das lutas internas, por favor! Entre vocês, elas não devem existir!”, exortou.

Finalmente, o Santo Padre chamou os membros da Renovação Carismática a que “saiam pelas ruas para evangelizar, anunciando o Evangelho. Recordem que a Igreja nasceu ‘em saída’, naquela manhã de Pentecostes. Aproximem-se dos pobres e toquem neles, nas feridas de Jesus. Deixai-vos guiar pelo Espírito Santo, com liberdade; e por favor, não engaiolem o Espírito Santo! Com liberdade!”.



Vaticano, 02 Jun. 14 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...