Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O Papa Francisco recebe cartas de 500 menores condenados à prisão perpétua nos EUA

O Papa Francisco se comoveu “profundamente” com a história de 500 menores de idade que, dos cárceres dos Estados Unidos, escreveram-lhe arrependidos pelos crimes cometidos e relataram seu sofrimento pela pena de prisão perpétua que pesa sobre eles.


O diretor do Jesuit Restorative Justice Initiative (JRJI), Padre Michael Kennedy, quem se desempenha como capelão em diversos centros penitenciários dos Estados Unidos, recolheu as cartas e as fez chegar ao Vaticano.


“Tenho lido as cartas que desde cada canto dos Estados Unidos, gentilmente me entregaram da parte de centenas de moços condenados à prisão perpétua sem liberdade condicional em tão jovem idade. Suas histórias e sua petição de que este tipo de sentença seja revisado à luz da justiça e ad possibilidade de uma reforma e reabilitação, comoveram-me profundamente”, foi a resposta do Papa Francisco ao Pe. Kennedy, informou o jornal italiano Avvenire neste 2 de junho.


Em sua resposta, o Papa Francisco assegurou aos menores rezará por cada um deles e como é habitual, pediu-lhes que rezassem por ele. Além disso, garantiu que cada um dos moços receberá uma cópia da resposta dirigida ao Pe. Kennedy.


Vaticano, 03 Jun. 14 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...