Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Devemos vencer o medo para Evangelizar o mundo

Queridos irmãos e irmãs, é sempre Deus que toma iniciativa e nos chama para a missão de executar o seu plano de Salvação da humanidade. São inúmeras pessoas que estão dispostas de realizar a vontade de Deus em sua vida e trabalhar para a construção de uma sociedade melhor e mais humana. A liturgia desse domingo nos mostra as dificuldades que devemos enfrentar no nosso trabalho evangelizador. Os primeiros discípulos encontraram hostilidades e tornaram-se fortes em Cristo que tudo faz para que eles fossem fieis ao chamado que Deus fez a cada um deles. Isso acontece hoje também, nós enfrentamos muitos desafios e adversidades que nos fazem perder o foco da missão, mas Deus vem sempre em socorro aos seus escolhidos.

No livro de Jeremias narra o drama vivido pelo profeta do JEREMIAS. Nós deparamos com a sua historia e percebemos para que ele fosse fiel a sua missão que Deus lhe confiou teve que enfrentar perseguição, solidão e abandono, mas ele nunca deixou de confiar em Deus. Nós também temos que ser fortes, valentes e corajosos nos nossos trabalhos missionários sem temer as hostilidades da missão, mas sempre confiar em Deus que tudo faz para que estejamos em sua graça. Quem nos habilita é o Senhor como o próprio Deus fez com Jeremias, embora menino ainda tivesse a assistência de Deus que diz: "Para onde eu te enviar, irás; e o que eu te mandar, falarás: não tenhas MEDO, pois eu estarei contigo para te livrar". Assim como ele não teve medo de denunciar as injustiças dos poderosos, nós devemos também fazer o mesmo, pois não podemos ficar acomodados e frios diante da cultura de morte que reina no nosso mundo. (cf. Jr 20,10-13)

Na carta de São Paulo aos Romanos vemos que Paulo, afirmando que a salvação não se faz essencialmente no cumprimento da Lei de Moisés, mas acolher com amor e vontade a oferta de Salvação que Deus faz para todas as pessoas através de Jesus Cristo, pois Ele é o caminho a verdade e a vida que leva Pai no Reino definitivo. Para que ficar parado em nossas mesmices que não levam a lugar nenhum a não ser frustração e paralisação nas coisas de Deus. Precisamos ser portadores do bem e evangelizar esse mundo tão carente de amor e justiça de Deus. (cf. Rm 5,12-15)

Evangelho de Mateus continua O "Sermão apostólico" de Cristo onde Jesus dá as recomendações aos seus colaboradores para que a sua missão seja efetuada com êxito. Ele fala três vezes para que eles não tenham medo e ainda os aponta. O primeiro é o medo do fracasso, mesmo diante das provocações e dificuldades, a mensagem Dele será difundida por toda a terra. Isso quer dizer que a missão não é nossa, pois a obra é de Deus.  Outro medo é o da morte que vem do maltrato e da execução, mas Ele os conforta dizendo que a morte física não afeta a alma, pois buscamos a vida definitiva em Deus, mas sempre tenha confiança em Deus da vida. E por ultimo o medo da sobrevivência na missão, pois Deus é a providencia que cuida de todos sem deixar na penúria como Ele faz com toda a sua criação.Deus é sempre fiel e nós devemos confiar Nele. Deus conta conosco para melhorar o mundo em que vivemos. (cf. Mt 10,26-33) 

Que Deus abençoe todos os migrantes e que sempre haja politica publica para diminuir sofrimentos desses que tem que sair de sua terra para buscar novas oportunidades de sobrevivência.


Sábado, 21/06/2014 - Jose Benedito Schumann Cunha (graduado em Filosofia e em Teologia)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...