Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Criança em cadeira de rodas troca viagem ao Brasil para Copa do Mundo por uma visita ao Papa em Roma

Um menino boliviano de 12 anos, que desde os oito sofre de uma enfermidade que diminui as funções de seu corpo e que já foi submetido a vários procedimentos cirúrgicos, entre eles um transplante de medula, preferiu trocar uma viagem ao Mundial no Brasil para ir à Itália e conhecer o Papa Francisco.

O pequeno Cristofer que por sua condição física se locomove em cadeira de rodas, participou na segunda-feira passada, dia 23 de junho, da Missa matutina que o Santo Padre celebra na Capela da Casa Santa Marta.

Ao finalizar a Missa, o menino que estava acompanhado de seus pais e seu irmão, tiveram um encontro com o Pontífice que o abençoou e recebeu o presente que o próprio Cristofer escolheu para dar: uma bola de futebol do Clube Bolívar que pela classificação para a Copa Libertadores enfrentará no próximo mês p São Lorenzo, o time do Papa argentino.

A iniciativa de visitar o santo Padre foi uma surpresa para sua família e para a Fundação americana que há alguns anos ajuda o pequeno em seu tratamento e que o levou aos Estados Unidos para submeter-se às intervenções cirúrgicas.

Esta Fundação como motivação e com a ajuda de seus doadores, deram ao pequeno Cristofer uma viagem ao exterior com duas opções: um passeio pela Disneyworld ou ir a uma partida da Copa do Mundo no Brasil, segundo informou o Bispo Ordinário Militar da Bolívia, Dom Oscar Aparicio, no programa radial “Falando com fé” do núcleo Iglesia Viva, o Sistema de Informação da Igreja Católica na Bolívia.

Dom Aparício narrou que teve dificuldade de entender o que havia decidido Cristofer devido às suas dificuldades para comunicar-se. O menino disse que não queria nenhum dos dois roteiros, mas sim, queria a Itália. Mais tarde, conheceu-se o motivo: a criança queria conhecer o Papa Francisco.

“Foi um golpe emocionante - expressou o Bispo e acrescentou - isso é para nós uma mostra de fé, de fidelidade, de apreciação à Igreja, ao ministério Petrino, foi muito lindo”.
Através da Nunciatura Apostólica na Bolívia,  o Núncio Dom Giambattista Diquatro, conseguir que Cristofer visitasse Sua Santidade.


O Papa Francisco escutou a mensagem que os fiéis da Catedral Militar em La Paz pediu que o menino transmitisse ao Pontífice: “Sua Santidade a Bolívia reza pelo Papa”, após a qual o Pontífice respondeu: “Eu necessito”.


LA PAZ, 29 Jun. 14 - ACI/EWTN Noticias / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...