Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Mês de maio, mês de Maria

O mês de Maio é dedicado pela Igreja como o mês de Nossa Senhora. A piedade popular procura realizar atos marianos recordando aquela que é a Mãe de Jesus e que Ele nos deu como mãe. Se examinarmos a vida dos santos, veremos que sempre Nossa Senhora ocupa um lugar de destaque em suas vidas. Os Papas recentes têm belíssimos documentos incentivando a devoção a Nossa Senhora. Os Santuários Marianos falam muito sobre Nossa Senhora. Os movimentos dentro da Igreja sempre realçam a presença e a importância da Virgem Maria em nossas vidas.

Filha de Ana e Joaquim, a Virgem Maria nasceu e viveu em Nazaré. É nesta cidade que ela recebeu a visita do Anjo Gabriel que lhe anunciou que seria a mãe do Messias e que isso aconteceria pela intervenção do Espírito Santo. Avisada pelo mesmo Anjo que sua prima Isabel, apesar de velha e estéril, tinha concebido aquele que vai chamar João, ela vai apressadamente até Ein Karen para ajudar sua parenta no final da gravidez. Isabel diz que é indigna de receber a Mãe do Salvador, mas Maria Santíssima entoa um hino de louvor e agradecimento a Deus.

Nossa Senhora vai com seu esposo José até Belém, a cidade de Davi, para o recenseamento ordenado pelo imperador César Augusto. É lá que Maria dá à luz o Menino Deus. Depois levam o menino para apresenta-lo no Templo, em Jerusalém, quando o profeta Simeão diz que uma espada irá traspassar a alma de Maria, informando os sofrimentos que ela vai ter. Quando Jesus tinha doze anos, os pais o levam para a festa da Páscoa no Templo, mas na volta da caravana percebem que Jesus não estava com eles e procuram até encontra-lo no Templo entre os doutores da lei.

Na vida pública de Jesus a presença de Maria é muito rara e discreta. Em uma delas, Maria pede a Jesus em favor de um jovem casal cujo vinho estava faltando em sua festa de casamento; noutra ela e alguns discípulos vão procurar Jesus que responde: Minha mãe e meus irmãos são todos aqueles que escutam a Palavra de Deus e a colocam em prática. Voltamos a ver Maria nos Evangelhos quando acompanha o sofrimento e a morte de Jesus no Calvário, quando Jesus a entrega como mãe de toda a humanidade e João Evangelista lhe é dado como filho.


Veneremos com carinho Nossa Senhora. Os títulos atribuídos a ela variam, mas é sempre a mesma e única Mãe de Deus e nossa mãe. Rezemos o Terço, a Ladainha. Cantemos os hinos marianos. Participemos das procissões e festas de Nossa Senhora. Meditemos sobre suas grandes alegrias e suas grandes tristezas. Agradeçamos a intercessão dela em nossas vidas. Consagremos nossas crianças e nós mesmos a ela. Maria Santíssima é o melhor e mais rápido meio de chegarmos até Jesus, o nosso Deus que se fez um de nós e morrendo na Cruz nos deu a salvação.


Sexta, 02/05/2014 - Padre Antônio Carlos D’Elboux / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...