Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Foi apresentada na Santa Sé a campanha para combater o tráfico de pessoas durante a Copa do Mundo de 2014

Foi apresentada na Santa Sé a Campanha contra o Tráfico de Pessoas durante a Copa do Mundo 2014, que tem como lema “Jogue a favor da vida, denuncie o tráfico de pessoas”. A Campanha está sendo organizada por Talitha Kum, da Rede Internacional da Vida Consagrada contra o Tráfico de Pessoas.“A campanha manifesta a sintonia da vida consagrada com o sentimento do papa perante este crime que ele mesmo tem definido como ‘a chaga no corpo da humanidade contemporânea, uma chaga na carne de Cristo’”, afirmou o prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, cardeal João Braz de Aviz, durante a apresentação.

Por sua parte, a irmã Carmen Sammut, Presidente da União Internacional dos Superiores Gerais (UISG), denunciou que o tráfico de pessoas está por toda parte, por isso chamou a uma maior conscientização da opinião pública sobre as consequências deste drama.

Irmã Gabriella Bottani, integrante da rede Um Grito pela Vida (Brasil), ao recordar as palavras do papa, disse que “não se pode permanecer indiferente, sabendo que há seres humanos tratados como uma mercadoria”.

A religiosa recordou que segundo dados oficiais, este crime atinge quase 21 milhões de pessoas no mundo. “Devemos arrancar com força do silêncio e do medo esta grave violação da dignidade humana”, expressou.

Os organizadores da campanha disseram que se espera que a Copa do Mundo do Brasil 2014 represente um evento positivo para promover a cultura dos direitos e da vida, denunciar todas as formas de exploração que a desvalorizam e mercantilizam, sensibilizar a população sobre este fenômeno e sobre como denunciar os casos de tráfico de pessoas.



Vaticano, 21 Mai. 14 - ACI/EWTN Noticias  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...