Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

CENTENAS DE FIÉIS PARTICIPAM DO MÊS DE MAIO

Todas as noites do mês de maio, as notas da ladainha em latim, a recitação devota do terço de Nossa Senhora e a celebração da Santa Missa atraem centenas de fiéis que vem participar do mês de maio na Igreja Matriz de Sant'Ana em Gravatá. As orações já começam as 18h ao som dos sinos da centenária Igreja. O ponto alto é as 19h quando acontece a Solene Celebração. Além da presença de tantas pessoas, algumas ruas, empresas e famílias participam sendo noiteiros. Trata-se de uma participação totalmente gratuita (não existem taxas ou obrigações) somente o desejo de assumir aquela noite, homenageando a Deus. É uma das devoções mais antigas e populares do nosso povo. O carinho das pessoas manifestado àquela que acreditou na Palavra de Deus em nada diminui a fé do povo em Jesus Cristo, o único mediador entre Deus e os homens. Na simplicidade e pureza de sua fé, o nosso povo sabe que Maria não é uma deusa ou mesmo maior do que Deus, porém cerca de carinho alguém que soube renunciar a um projeto de vida pessoal para dizer sim ao projeto de Deus, com todos os sacrifícios que isso significava e que graças à essa disponibilidade pode ser realizada a Salvação de toda humanidade. Ao olhar para Maria é como se as pessoas pudessem ver alguém que passou por tantos sofrimentos e alegrias, que viveu uma existência tão sublime mais ao mesmo tempo igual a de tantas outras Marias do nosso tempo. E certamente é essa proximidade à vida concreta de cada um que tanto atrai o povo a Maria. O fato de nunca ter feito nenhum milagre e nem ter discursado pra grandes multidões, a faz rainha do coração das pessoas. É comum ver os fiéis se emocionarem visivelmente até as lágrimas quando na sua simplicidade apresentam a Jesus as suas vidas. São muitos os testemunhos de pessoas que se sentiram abençoadas e que fielmente todas as noites do mês de maio sentem como que uma "obrigação de amor" vir na Igreja viver esse momento de oração. Ao cantar e louvar a Mãe de Jesus cumpre-se a profecia que está escrita na bíblia mesma no Evangelho de Lucas (1:48): "Eis que de agora em diante, todas as gerações me proclamarão bendita". E assim como na vida de qualquer religião, recordar pessoas que acreditaram nos ajuda a viver a nossa fé no hoje da nossa história, lembrar Maria é recordar alguém que foi escolhida por Deus (Lc 1:30), bendita entre as mulheres (Lc 1:42) e que é feliz porque acreditou (Lc 1:45).


Segunda, 05/05/2014 - Pe. João Paulo por E-mail
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...