Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Arquidiocese de São Paulo em festa pela canonização do Beato José de Anchieta

A Arquidiocese da cidade de São Paulo, da qual o futuro santo José de Anchieta foi um dos fundadores, se rejubila com toda a Igreja pela elevação aos altares do missionário jesuíta chamado “O Apóstolo do Brasil” e lança uma especial programação para a véspera do dia 3 de abril, quando o decreto de canonização será assinado pelo Papa Francisco em Roma.

Em um recente artigo publicado no site da Arquidiocese da capital paulista, o Cardeal Odilo Pedro Scherer escreve: “Manifesto, em nome da Arquidiocese de São Paulo, profunda gratidão a Deus pela proclamação do bem-aventurado Padre José de Anchieta como “santo”! Ad maiorem Dei gloriam – que tudo seja para a maior glória de Deus!”

“Este momento foi longamente esperado por esta Igreja que está em São Paulo. Grande
missionário, São José de Anchieta deu o testemunho de uma vida santa, já reconhecido
assim enquanto ainda vivia; por isso, logo após o seu falecimento, em 1597, foi aclamado
como “Apóstolo do Brasil!

Gratidão ao Papa Francisco, conhecedor da história de Anchieta e dos primeiros
missionários jesuítas no Brasil, que acolheu benevolamente o pedido da Igreja e, bem
depressa, deu o reconhecimento oficial a Anchieta como “santo”.

A Igreja, nesta Metrópole, deve seus inícios à obra evangelizadora de Anchieta e de seus
companheiros na missão de São Paulo de Piratininga. Desta missão, também nasceu a
própria cidade de São Paulo”.

“São José de Anchieta significa muito para nós, em São Paulo, e nos sentimos honrados com a sua canonização!”, expressou o Cardeal.

Por último o purpurado destacou o “exemplo - de jovem entusiasta por Cristo e pelo Evangelho, de homem santo, movido pelo amor a Deus e aos irmãos, de missionário incansável, zeloso na transmissão da alegria do Evangelho, de pacificador respeitoso das culturas dos povos originários do
Brasil, de educador, pai dos pobres e enfermos – continue a nos motivar e inspirar na
dedicação à missão”.

“Somos continuadores do trabalho por ele iniciado. Que sua intercessão e seu exemplo nos valham sempre! São José de Anchieta, rogai por nós!”Conclui o artigo de Dom Odilo Pedro Scherer.

Segue a programação pela Canonização do Padre José de Anchieta em São Paulo e em igrejas de todo o Brasil:

2 de abril - Véspera da Canonização do Padre Anchieta
14h - Repicar dos sinos em todas as igrejas da Arquidiocese de São Paulo, durante 5 minutos;
14h30 - Entrevista coletiva à imprensa com o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, no Páteo do Colégio;
18h - Celebração de louvor e ação de graças, presidida pelo Cardeal Scherer , na Catedral da Sé;
19h30 - Celebração de louvor e ação de graças, presidida pelo Cardeal Scherer , no Páteo do Colégio.

6 de abril
9h30 - Concentração no Páteo do Colégio com apresentação breve da biografia do Padre Anchieta, intercalada com orações e cantos e um trecho do musical “Anchieta para todos os Povos”, da Comunidade Shalom.

10h15 - Saída da procissão, com a relíquia do Padre Anchieta, em direção à Catedral da Sé;

11h - Missa solene em ação de graças pela Canonização, na Catedral da Sé, presidida pelo Cardeal Scherer e com as presenças do Prefeito Fernando Haddad e do Governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

A programação será transmitida, ao vivo, por um pool de emissoras: TV Cultura, TV Canção Nova, Rede Vida, Rede Século 21, TV Aparecida, Rede Evangelizar, além da transmissão articulada pela Rede Católica de Rádios, coordenada pela Rádio 9 de Julho da Arquidiocese de São Paulo. Os internautas também poderão acompanhar a missa da Catedral da Sé no site da Arquidiocese.



SÃO PAULO, 02 Abr. 14 - ACI
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...