Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

A Igreja grita “basta” ao tráfico de pessoas

 O Papa Francisco denunciou nesta quinta-feira que o tráfico de pessoas é um crime contra a humanidade, uma chaga no corpo de Cristo, e por isso a Igreja junto com as pessoas de boa vontade grita “basta!” e chama a unir esforços para socorrer às vítimas.

O Papa lançou estas palavras ao receber os participantes da II Conferência Internacional sobre o Tráfico de Pessoas intitulada “Combate ao Tráfico Humano: Igreja e reforço coparticipado para a aplicação da lei”, organizada pelas Conferências Episcopais da Inglaterra e País de Gales. “O tráfico de seres humanos é uma chaga no corpo da humanidade contemporânea, uma chaga na carne de Cristo. É um delito contra a humanidade”, expressou.

O Pontífice assinalou que este importante encontro –realizado na Sala Magna da Pontifícia Academia das Ciências- quer ser também "um gesto da Igreja, um gesto das pessoas de boa vontade que querem gritar basta!".

“O fato de nos encontrarmos, aqui, para unir os nossos esforços significa que queremos que as estratégias e as competências sejam acompanhadas e reforçadas pela compaixão evangélica, pela proximidade aos homens e mulheres que são vítimas desse crime”, afirmou.

O Santo Padre destacou a participação das autoridades policiais, “especialmente empenhadas em contrastar este triste fenômeno com os instrumentos e o rigor da lei”, e também trabalhadores humanitários, “cuja principal tarefa é oferecer às vítimas acolhimento, calor humano e possibilidade de resgate”.

Francisco explicou que existem “duas abordagens diferentes, mas que podem e devem caminhar conjuntamente”. Dialogar e confrontar-se a partir destas duas atitudes complementares é muito importante. Por este motivo, Francisco afirmou que estes encontros são “de grande utilidade, diria necessário”.

“Penso que é um sinal muito importante o fato de que, tendo passado um ano do primeiro encontro, tenham tido a vontade de reencontrar-se, de tantas partes do mundo, com o fim de avançar em seus esforços comuns. Agradeço-lhes pela sua colaboração e rogo ao Senhor que os ajude e à Virgem Santa que os proteja. Obrigado!”, concluiu o Pontífice.
A II Conferência Internacional sobre o Tráfico de Pessoas acontece quando no Brasil este tema está sendo amplamente abordado pela Igreja através da Campanha da Fraternidade 2014 cujo tema é ”Fraternidade e Tráfico Humano”.

VATICANO, 10 Abr. 14 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...