Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O exemplo é muito importante

Queridos irmãos e irmãs, o mundo de hoje passa por uma crise religiosa, de ética, de moral e de ser pessoa feita à imagem de Deus. Pelo batismo, ganhamos a identificação definitiva de filhos e filhas amados por Deus. Por essa grande graça devemos valorizar a Palavra de Deus que liberta e salva.

Nós devemos dar testemunho de nossa fé em Cristo pelo exemplo de pessoa que ama, partilha, solidariza e exercita a misericórdia de Deus com todos. Hoje os filhos e filhas precisam encontrar nas nossas atitudes os valores cristãos, que nunca saem de moda, apesar da má influência desse que nos quer distanciar de Deus.

Há um vazio nas palavras, nas casas e em todo lugar da presença de Deus e isto tem provocado a propagação do mal em nosso meio. Sentimos acuados e com medo em nosso mundo que não quer ter Deus como Senhor de tudo. A palavra de Deus nos lembra que é feliz a nação que Deus é o Senhor.

Não adianta nós acharmos que somos autossuficientes e que não precisamos de ter Deus em nossa vida, pois isso vai trazer danos nas nossas relações humanas, nos aspecto de respeito e valorização da dignidade da pessoa uma desordem e atitude do mal em nós.

Se não houver uma conversão de vida para o bem, nós vamos caminhar para um caos, para ódio, para a violência e para escuridão do pecado. Então, se quisermos ser de Cristo, é preciso que cada um de nós mude, com coragem, a nossa vida e que faça de nós mensageiros da luz de Cristo no mundo.

Assim, meus irmãos e irmãs, se o exemplo do adulto reflete de modo visível em nossas crianças, então podemos acreditar que o mundo vai ser melhor, mais humano e cristão.

           Peçamos a Deus que haja melhores ações, perdão que regenera a pessoa e amor que tudo constrói, para que o Reino de Deus seja visível a todos e provoque a nossa adesão a Ele. Amém

Sábado, 3 de março de 2014 / vocacionados de Deus e Maria 
Bacharel em teologia e filósofo Jose Benedito Schumann Cunha
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...