Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Menino de 7 anos arrecada 750 mil dólares para salvar o seu melhor amigo

 Dylan Siegel, é um menor americano de sete anos que ao saber que a vida de seu melhor amigo Jonah Pournazarian (7) corre perigo, decidiu arrecadar recursos para ajudar a acelerar a pesquisa médica e assim encontrar uma cura que possa salvar a sua vida, por isso, iniciou uma comovedora aventura de amizade que deu a volta ao mundo.

Jonah sofre de uma doença hepática estranha chamada glicogenose de tipo 1B, que dificulta o metabolismo dos alimentos que consome, o que obriga a que o menino se alimente com uma dieta especial de água, caldos e sopas através de um tubo conectado a seu estômago. Sua mãe inicia a rotina de alimentação às 3 da manhã de cada dia.

Para ajudar o seu amigo, Dylan teve a iniciativa de escrever um livro ilustrado que levou menos de uma hora em fazê-lo e colocou como título “Chocolate Bar” (barra de chocolate), expressão que ele utiliza quando quer descrever alguma experiência que para ele é “maravilhosa” ou “fantástica”.

No livro dedicado a Jonah, Dylan escreve frases como “eu gosto de ir à praia, isso é uma barra de chocolate”; “eu gosto de nadar, isso é uma barra de chocolate” entre outros e termina com a frase “ajudar o meu melhor amigo é a melhor barra de chocolate”.

A ideia do pequeno foi vender cópias de seu livro para arrecadar um milhão de dólares, atualmente conseguiu 750 mil que estão sendo destinados ao laboratório da Escola de Medicina da Universidade da Florida em Gainsville para a pesquisa.

"Eu fico impressionada por que não só teve a ideia, como também a realizou e conseguiu", assinalou ao Huffington Post a mãe de Dylan, Debra Siegel, que disse também que se deu conta que o livro teria repercussão.

O livro começou a ser vendido pela internet, depois Dylan e Jonah começaram a assinar os livros nas livrarias dos shoppings de Los Angeles e davam entrevistas a diferentes meios e programas jornalísticos nacionais e internacionais.

Os pais dos meninos deixam que o contato com a imprensa seja natural para eles, para que possam encarar bem esta situação devido a sua pouca idade. Assinalaram também que é emocionante vê-los na televisão.

A situação de saúde vulnerável de Jonah o levou várias vezes a ser internado no hospital, no colégio tem um monitor que controla o açúcar no seu sangue, mas nada é impedimento para que a amizade entre eles seja cada vez mais forte.

Os meninos inclusive receberam o primeiro reconhecimento do jovem filantrópico do ano concedido pela Universidade da Florida.

Chocolate Bar também ideou outras maneiras de arrecadar recursos como a venda de camisetas, boinas, bolsas e protetores de IPhone´S.

Para conhecer mais sobre esta história ingresse em: http://chocolatebarbook.com/  

LOS ANGELES, 20 Mar. 14 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...