Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Jornalista agnóstico: Acredito no direito à vida porque é o único que tenho

No marco do VI Congresso de Voluntários e Delegados da organização espanhola Derecho a Vivir (Direito a Viver), o jornalista Luis del Pino, agnóstico declarado, assegurou que “acredito no direito à vida  porque a vida é o único que tenho”.

“Porque acredito somente nesta vida, não posso negar o direito à vida aqueles que terão apenas esta oportunidade”, disse o jornalista espanhol, ressaltando que "quanto mais agnóstico sou, acredito mais no direito à vida”.

O jornalista, que conduz o programa radial “Sem complexos” na emissora EsRadio, criticou que existam pessoas como ele “que acreditam que não há outra vida, mas neguem a outro a oportunidade de viver a sua única vida”.

“Abomino quem se acha no direito de decidir quem pode viver e quem não”.

O jornalista espanhol criticou também as incoerências dos militantes de partidos políticos de esquerda que estão a favor do aborto.

“Abortar por motivos econômicos? Pode-se defender isso segundo uma mentalidade de esquerda?”, questionou.

Luis del Pino assinalou que “abomino aqueles que em vez de lutar contra as desigualdades sociais, defendem que a criança seja eliminada”.

E aos defensores do direito à vida desde a concepção “a verdade e a justiça lhes assiste”, assegurou.


MADRI, 11 Mar. 14 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...