Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

CNBB cumprimenta papa Francisco pelo primeiro ano de pontificado

Em homenagem ao primeiro ano de pontificado do papa Francisco, o Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou hoje,13/03, carta, na qual cumprimenta e agradece a “solicitude paternal e proximidade” do pontífice.
No texto, assinado pela presidência da Conferência, os bispos afirmam que, ao propor “caminhos para o povo de Deus”, o papa “deu uma grande contribuição a todas as Igrejas Particulares do mundo católico”.
Recordam, ainda,  a visita de Francisco ao Brasil. “A Igreja, no Brasil, foi beneficiada, de modo privilegiado, com a visita de Vossa Santidade ao Santuário de Aparecida, como peregrino e devoto da Virgem Maria, e ao Rio de Janeiro, durante a Jornada Mundial da Juventude”, lembram. 

Segue, na íntegra, a carta ao papa Francisco.

Santo Padre Francisco,

O Conselho Permanente, em sua reunião ordinária, com alegria e gratidão a Deus, comemora o primeiro aniversário de sua Eleição e do início de seu Ministério Petrino como Bispo de Roma, no próximo dia 19, solenidade de São José.
Desde aquele primeiro “buona sera”, até hoje, um intenso caminho foi percorrido. O estilo pastoral com o qual Vossa Santidade exerce o Ministério, a linguagem humana no encontro com as pessoas, a profundidade espiritual das homilias, quase diárias, na Capela de Santa Marta, as reformas na cúria são alguns elementos, dentre muitos, que têm suscitado muita alegria e esperança na Igreja e em outros ambientes.
Na leitura dessa realidade, a imprensa vem falando de um “efeito Francisco”. Com a Encíclica Lumen Fidei e, de maneira especial, a Exortação Apostólica Evangelli Gaudium, Vossa Santidade, propondo caminhos para o povo de Deus, deu uma grande contribuição a todas as Igrejas Particulares do mundo católico.
A Igreja, no Brasil, foi beneficiada, de modo privilegiado, com a visita de Vossa Santidade ao Santuário de Aparecida, como peregrino e devoto da Virgem Maria, e ao Rio de Janeiro, durante a Jornada Mundial da Juventude.
Respeitosamente o Conselho Permanente, em nome da Igreja no Brasil, cumprimenta Vossa Santidade e agradece sua solicitude paternal e proximidade. Conte com as orações de todos os fiéis e a comunhão afetiva e efetiva do episcopado brasileiro.
Pedindo sua Bênção Apostólica, para todo o povo brasileiro, com afeto filial,

Raymundo Cardeal Damasceno Assis,
Arcebispo de Aparecida (SP) e Presidente da CNBB

Dom José Belisário da Silva
Arcebispo de São Luís (MA) e Vice-presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...