Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa organiza nova estrutura de gestão econômica

Por meio do Motu Proprio Fidelis dispensator et prudens, o papa Francisco constituiu uma nova estrutura de gerenciamento econômico da Santa Sé e do Vaticano. A Secretaria para a Economia terá o atual arcebispo de Sidney (Austrália), cardeal George Pell, como dirigente.
A expressão Fidelis dispensator et prudens pode ser traduzida como “gerente fiel e prudente”. Para o papa, no texto do Motu Proprio, o administrador “tem a tarefa de cuidar atentamente daquilo que lhe foi confiado, assim a Igreja tem consciência da responsabilidade de tutelar e gerir com atenção os próprios bens, à luz da sua missão de evangelização e com particular solicitude para com os necessitados."
De acordo com o diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, padre Federico Lombardi, em entrevista à Rádio Vaticano, o novo organismo é a autoridade sobre todas as atividades econômicas e administrativas da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano. “Uma instituição forte, que coordena toda esta dimensão da realidade operativa dentro da Santa Sé e da Cidade do Vaticano: prepara os balanços, publica os balanços e responde a um Conselho”. O conselho é composto por 15 membros, sendo oito eclesiásticos (cardeais ou bispos) e sete leigos especialistas em problemas econômicos e financeiros.
Outra instituição é o Setor do Revisor Geral que tem a incumbência de executar as tarefas de revisão nos balanços e situações econômicas.
Algumas funções e estruturas permanecem sem alteração, como a Autoridade de Informação Financeira (AIF), instituição autônoma em relação às outras, responsável por colaborar com as unidades de informação financeira de outros Estados, No que se refere ao combate à lavagem de dinheiro; a Administração do Patrimônio da Sé Apostólica (Aspa), com a função reiterada de Banco Centro para o Estado da Cidade do Vaticano; e o Instituto para as Obras de Religião (IOR), que, segundo Lombardi, continua sendo objeto de estudo e reflexão, mas é apenas uma pequena parte dentro do horizonte mais amplo “que diz respeito às dimensões econômicas e administrativas da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano em seu conjunto”.

Segunda, 24/02/2014 - CNBB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...