Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Consistório aborda com realismo e profundidade a beleza da família, afirma porta-voz do Vaticano

O diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Pe. Federico Lombardi, ao reunir-se com os meios de comunicação hoje, indicou que o texto introdução ao Consistório Extraordinário para a Família, elaborado pelo Cardeal Walter Kasper, em sintonia com as palavras do Papa Francisco, propõe confrontar com realismo e profundidade a beleza da família.

O ponto de partida, indicou o Pe. Lombardi, é redescobrir e anunciar o evangelho da família segundo o plano de Deus, com toda sua beleza, porque a verdade convence também através da beleza.

Na relação feita pelo Cardeal Kasper também se reflete sobre a família como Igreja doméstica e o conceito de que na família a Igreja encontra a realidade e para ela constitui um caminho para o futuro; a família pode ser um caminho privilegiado de evangelização para as pessoas.

O P. Lombardi indicou que o Cardeal Kasper fala dessa “igreja doméstica”, em sentido amplo, referindo-se não só à família nuclear, mas também alargada, fazendo-a extensiva às comunidades de base, aos grupos paroquiais, entre outros.

O documento, indicou o porta-voz vaticano, consta de uma introdução dedicada ao redescobrimento do evangelho da família, partindo da família na ordem da criação, da visão da família na Gênese e no plano de Deus.

Em uma segunda parte, o documento se refere às estruturas de pecado na família: problemas, tensões entre homem e mulher, entre corpo e espírito, da alienação, dos sofrimentos das mulheres e das mães.

Por último, fala-se da família na ordem cristã da redenção, recorrendo aos textos do Evangelho e do Novo Testamento relativos à família, como a Carta aos Efésios. Trata-se também do matrimônio como sacramento, de sua graça santificadora.

O Cardeal Kasper se referiu também à questão dos divorciados que se tornaram a casar e trata o tema com amplitude e de forma diferenciada, reiterando que neste âmbito se trata de conjugar, de cara à pastoral, o binômio inseparável da fidelidade às palavras de Jesus e a compreensão da misericórdia divina.

Conforme indicou o Pe. Lombardi, o Cardeal citou as intervenções nesta matéria do hoje Bispo emérito de Roma Bento XVI, quando se perguntava se o caminho do sacramento da penitência poderia ser o caminho para dar capacidade às situações difíceis.

Além disso, recordou o discurso que a princípios deste ano dirigiu o Papa Francisco aos prelados do Tribunal da Rota Romana sobre a validez do matrimônio, quando afirmou que a dimensão jurídica e a pastoral não estavam em contradição.


Vaticano, 20 Fev. 14 - ACI/EWTN Noticias 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...