Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Católicos rezarão o terço pedindo pela paz na Venezuela

Várias paróquias no estado de Táchira (Venezuela) organizaram diversas iniciativas de oração, como a oração do terço, pedindo a Deus pela paz no país.

O estado de Táchira, um dos primeiros focos das manifestações pacíficas de estudantes, foi fortemente militarizado pelo governo de Nicolás Maduro, como parte de sua violenta repressão em todo o país. A imprensa local informou na semana passada que chegaram aviões de guerra para a frota militar da cidade de São Cristóbal.

Também se informou a chegada de mais de 600 militares em paraquedas e na noite de 20 de fevereiro simpatizantes do governo dispararam com armas automáticas contra as pessoas que manifestavam pacificamente nas ruas. Em São Cristóbal, os cidadãos recolheram balas de 40 e 9 milímetros.

A cidade também foi privada do acesso à internet, a única fonte que têm os venezuelanos para acessar a informação não manipulada pelo governo e para denunciar a violenta repressão que sofrem os cidadãos.

O Bispo de São Cristóbal, Dom Mario Moronta, pediu através das redes sociais que “em cada lar da Venezuela rezemos o santo terço pedindo pela paz e pela concórdia”.

Diversas paróquias nesta diocese organizaram encontros de oração pela paz e pela vida, e a paróquia Universitária celebrou uma Missa pela Justiça e pela Paz neste domingo.

Recentemente, Dom Moronta assegurou “que os sacerdotes e agentes de pastoral estamos obrigados a promover a paz e a fraternidade tanto com a nossa pregação como com todas aquelas ações que nascem do compromisso evangelizador de edificar a concórdia entre todos os irmãos”.

Conforme anunciou em um comunicado, a Diocese de São Cristóbal anunciará nos próximos dias uma grande atividade religiosa, para o encontro, a reconciliação e a paz em Táchira.


CARACAS, 24 Fev. 14 - ACI
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...