Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Arquidiocese da Paraíba celebra centenário

Para comemorar 100 anos de elevação da diocese ao título de arquidiocese da Paraíba, foi realizada uma missa solene, presidida pelo arcebispo da Paraíba, dom Aldo di Cillo Pagotto, no dia 22 de fevereiro, na Igreja de São Francisco, no Centro de João Pessoa (PB). 
 “Resta-nos agradecer a Deus pelo seu imenso amor manifestado por nós, ao tempo em que nos dispomos a servi-lo em sua Igreja, para em tudo amar e servir, para a sua maior honra e glória e para o crescimento do reino de Deus”, disse dom Aldo Pagotto.
Na ocasião, o presidente do regional Nordeste 2 da CNBB (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte), dom Genival Saraiva França, leu a homilia escrita pelo núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello, que não pôde comparecer ao evento.
A missa reuniu cerca de 8 mil pessoas e dezenas de padres e bispos do regional.

História
Em 27 de abril de 1892, o papa Leão XIII, por meio da Bula Ad Universas Orbis Ecclesias, desmembrou o território que compreendia os Estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Dessa forma, constituiu uma nova diocese com sede em João Pessoa, instalada no dia 4 de março de 1894, com a presença do seu primeiro bispo, dom Adauto Aurélio de Miranda Henriques. Em fevereiro de 1914, o papa São Pio X elevou a diocese da Paraíba à condição e dignidade de arquidiocese e de sede metropolitana.


Segunda, 24/02/2014 - CNBB/Regional Nordeste 2
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...