Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

PIRANHAS - AL, Você precisa conhecer !!!

 A cidade de Piranhas, encravada no alto sertão alagoano, é um paraíso às margens do Rio São Francisco. Distante 290km de Maceió, a cidade nem sempre teve esse nome.

Fundada no século XVIII, a região era conhecida como Tapera até o dia em que um homem pescou uma piranha em um riacho; a partir de então, a pequena vila passou a ser conhecida como Porto da Piranha. Tapera, com o tempo, virou povoado e o grande movimento portuário fê-la ser cidade.

 Por ser uma das cidades mais antigas de Alagoas, Piranhas era parada obrigatória para quem vinha dos sertões de Pernambuco e regiões ribeirinhas do São Francisco, além do fato de ser o último trecho navegável do baixo São Francisco.

O povoado teve grande impulso a partir de 1867 - com a navegação a vapor - e foi consolidado com a construção da estrada de ferro que ligava Piranhas a Penedo.

O município, com suas ruas estreitas e muitos casarões coloniais, foi visitado por Dom Pedro II e ficou muito conhecido por ter sido um dos locais invadidos pelo bando de Lampião, além de ter sido o palco de sua derrota, o lugar para onde foram levadas as cabeças degoladas dos cangaceiros depois de mortos pela polícia volante de Pernambuco.

A padroeira de Piranhas é Nossa Senhora da Saúde. Como em todo o sertão, a religiosidade é muito respeitada e Nossa Senhora da Saúde é o elo entre os piranhenses ausentes (os piranhenses que não moram mais na cidade) e a cidade, uma vez que na festa da padroeira todos se reencontram. Esta festa, uma das mais importantes da região, se estende pela semana (24/01 a 02/02) com comemorações diárias: noite dos vaqueiros, noite dos motoristas, noite dos piranhenses ausentes etc. Além dela, destaque também para as festas juninas e carnaval.

O folclore de Piranhas é muito rico, destacando-se o Pastoril, o Reisado, a Corrida de Argola, a Corrida de Mourão e a Quadrilha e seu artesanato típico tem como pontos altos os trabalhos em filé, bordados de rendendê, ponto de cruz, vagonite e boa-noite, além de artefatos de palha, couro, madeira e cerâmica.

O município investe maciçamente em suas belezas naturais, próprias para a prática de ecoturismo e na riqueza cultural de sua história repleta de lendas do sertão. Há muitas atrações turísticas a serem visitadas em Piranhas:
  
Usina Hidrelétrica de Xingó - implantada pela Chesf (Companhia Hidrelétrica do São Francisco) para atender à demanda energética do Nordeste. Localiza-se no Rio São Francisco, entre as cidades de Canindé do São Francisco (SE) e Piranhas (AL) e é a segunda maior e a mais moderna hidrelétrica do Brasil, conhecida internacionalmente por sua força e imponência. Com o represamento das águas do rio surgiu um cenário de beleza incontestável, o "Lago de Xingó", que permitiu a navegação, revelando todo o esplendor que a região possui, surgindo em meio ao sertão como um oásis de fauna, flora e águas inesquecíveis. Ainda em Xingó, o turista pode desfrutar dos serviços oferecidos pelo Centro de Visitantes da Unidade Xingó, com sala equipada para projeções e guias treinados que acompanham os visitantes em grupos à hidrelétrica.

Estação Ferroviária de Piranhas - Construída em estilo barroco, foi concluída em 1879. Hoje abriga num pequeno trecho do pavimento térreo, o Museu do Sertão, inaugurado em 1982. Seu acervo é constituído por mais de 100 peças, onde a maioria representa aspectos da memória regional e do cotidiano do sertanejo, sendo composto basicamente por artigos de uso do vaqueiro: pele e couro de animais, objetos de uso doméstico, artigos de pesca e objetos referentes ao Ciclo do Cangaço

Coito de Corisco - O local tem grande significado para a História do Cangaço: foi o esconderijo em que Lampião reuniu seu bando, quando estava disposto a deixar o cangaço. Acabou caindo numa emboscada em Angicos-SE, onde pretendia passar o comando do bando para Corisco. 

Prainha de Piranhas (praia fluvial) - possui uma extensão de, aproximadamente, 150 metros. Apresenta relevo ondulado, areia fina de cor dourada e vegetação de coqueiros. É propícia para banho próximo à margem. Deve-se ter cautela com a profundidade que chega a atingir, em certos trechos, até 74 metros.

MAX - Museu Arqueológico de Xingó - Inaugurado em 25 de abril de 2000, o museu conta com um acervo arqueológico de 55 mil peças, esqueletos humanos, utensílios e registros gráficos, referentes aos aspectos da cultura do homem que, como revelaram as pesquisas, já se encontrava na região há pelo menos 9 mil anos. O museu tem nove salas para exposições, auditório e loja. No anexo, funciona um completo laboratório de pesquisas arqueológicas.

Mirante da Passagem do Século - Situado em frente à antiga estação de Piranhas, é um obelisco da virada do século XIX para o século XX. Com cerca de 8m de altura, é um símbolo da fraternidade entre gerações e oferece uma vista privilegiada do Sítio Histórico. Acesso por escadaria com mais de 300 degraus. 

Na realidade, a natureza dotou Piranhas de encantos raros, graças ao Rio São Francisco, em cujas águas esverdeadas, catamarãs e canoas à vela deslizam, permitindo uma visita a pequenos lugarejos. 

Eu estive lá  !!!

Paulo Alves, 28/01/2014  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...