Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Crise vocacional e escassez de padres serão temas debatidos em Seminário

Tem início hoje, 20, o 2º Seminário sobre a Formação Presbiteral, em Aparecida (SP). O evento é uma iniciativa da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (Osib) e da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB. Esses grupos têm a missão de animar a formação dos futuros sacerdotes e dos formadores na Igreja do Brasil. O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência dos Bispos, cardeal Raymundo Damasceno Assis, participará da solenidade de abertura, no subsolo do Santuário Nacional.
A proposta do evento é refletir, à luz da Palavra de Deus e dos Documentos do Concílio Vaticano II, sobre a formação dos seminaristas na perspectiva humana e cristã, a partir do  tema  “Presbíteros segundo o Coração de Jesus para o mundo de hoje” e lema “Corramos com perseverança com os olhos fixos em Jesus” (Hb 12, 1-2). O objetivo principal é contribuir com ações efetivas na formação presbiteral.
De acordo com assessor da Pastoral Vocacional da CNBB, padre Valdecir Ferreira, o encontro será momento oportuno para avaliar a formação presbiteral no Brasil no contexto atual. “Percebemos o quanto essa juventude que ingressa em nossos seminários passa por mudanças significativas. Portanto, olhamos com muita esperança para a formação e ao mesmo tempo com preocupação”, explica.
O presidente da Osib, padre Domingos Barbosa Filho, explica que após 13 anos da realização do último seminário é necessário buscar novos métodos formativos. “Diante das novas diretrizes da formação presbiteral, conforme o Documento 93 da CNBB e considerando os novos tempos, se julgou oportuno que fosse repensada a formação: os tempos mudaram, surgiram novos desafios, os jovens que recebemos nas casas de formação trazem problemáticas novas”, comenta.

Texto base

Para o Seminário, foi desenvolvido um texto base para auxiliar nas reflexões do encontro que prossegue até o dia 25. O biblista e bispo de Palmas-Francisco Beltrão (PR), dom José Antônio Peruzzo, destaca que a dinâmica eclesial formativa deve se pautar na liberdade e na obediência, a exemplo do sacerdócio de Jesus, por meio da misericórdia.
“Partindo do escrito bíblico dirigido aos Hebreus, e observando como o autor interpretou as disposições pessoais de Jesus no seu porte de ‘Sumo Sacerdote’, o texto inspirado sugere importantes critérios e valores a cultivar para o ideário do jovem que se encaminha para o ministério”, relatou. Ainda segundo Peruzzo, “jamais se deve esquecer que o ministro ordenado é ‘configurado’, ou seja, leva em si a figura de Cristo compadecido. Sem esses traços, há o grave risco de ‘desfigurar’ a bondade e obediência do Senhor”, disse.
Estarão presentes os bispos da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, dom Pedro Brito Guimarães, dom Jaime Spengler, dom Waldemar Passini e dom Esmeraldo Barreto. Participarão também do Seminário formadores, professores, psicólogos, diretores espirituais, formandos, bem como seminaristas, bispos dos regionais responsáveis pelas vocações, representantes da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) e conferencistas convidados.

Acompanhe o evento também pela internet:
www.facebook.com/seminario.cmovc.7 

Segunda, 20 de Janeiro de 2014 - CNBB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...