Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Bispo e Gendarmaria do Vaticano evitam suicídio de mulher italiana

 A oportuna reação do Bispo de Grosseto (Itália), Dom Rodolfo Cetoloni, e a intervenção da Gendarmaria do Vaticano, salvaram a vida de uma mulher de 56 anos de idade que ameaçava suicidar-se.

Fontes da Diocese de Grosseto confirmaram que na quinta-feira passada, a mulher –cuja identidade se mantém em reserva– entrou em contato com Dom Cetoloni através do telefone, para confessar-lhe entre lágrimas suas intenções de tirar-se a vida.

Conforme informou o jornal italiano Il Tirreno em 18 de janeiro, a mulher viajava de Scarlino –um povoado de uns quatro mil habitantes da província de Grosseto, em Toscana–, com destino a Roma para suicidar-se no Vaticano.

Depois da ligação, Dom Cetoloni entrou imediatamente em contato com a Gendarmaria do Vaticano, que em colaboração com a Delegacia de Polícia de Grosseto, arquitetaram um plano de atuação para frear a potencial suicida.

A polícia rastreou os sinais que emitia o telefone celular da mulher e puderam achá-la e socorrê-la quando chegava a Roma.


ROMA, 22 Jan. 14 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...