Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco e o Natal: os pobres, a paz e a Criação

“Papa Francisco e o Natal”: este é o tema inspirador da reflexão feita  pelo Cardeal Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo e Prefeito emérito da Congregação para o Clero. 

Sabemos que São Francisco de Assis fez o primeiro presépio. Há três pontos que o Papa sempre cita e que têm tudo a ver com o Natal: o primeiro são os pobres. Nós devemos ir até os pobres, sermos os irmãos dos pobres, sermos capazes de abraçar os pobres, de consolá-los, de encorajá-los e de com eles lutar contra a pobreza, a carência e a exclusão, sobretudo. Jesus Cristo veio para isto e o Papa nos lembra muito fortemente. Este é um aspecto de São Francisco de Assis: estar ao lado dos pobres, ser uma Igreja pobre. Jesus nasceu pobre e em meio aos pobres, e os primeiros a visitá-los foram os pobres pastores”.

“O segundo ponto que podemos acentuar é a paz, que vem da fraternidade, como diz o Papa na mensagem para o Dia Mundial da Paz 2014. Jesus Cristo é o Príncipe da paz, veio reconciliar os homens entre si e com Deus. A paz deve estar baseada na fraternidade, no acolhimento, na compreensão, no diálogo, no perdão. Jesus Cristo nos faz lembrar isso tudo com o seu nascimento. Ele veio para restabelecer a paz e São Francisco é o homem da Paz, como nos diz a oração que lhe é atribuída, “Senhor, fazei de mim instrumento de sua paz”.

“O terceiro ponto é a natureza, a Criação. São Francisco chama todas as criaturas de seus irmãos: o sol, a lua, as estrelas, as matas, a água, o fogo e o vento; mas, sobretudo, os seres humanos. Ele chama até mesmo a morte de ‘irmã-morte’. Isto tudo tem a ver com a fé no Deus-Pai, que é o criador e que ama sua Criação. Deus não rejeita sua Criação, Ele a ama. Ele nos entregou a Criação para que cuidássemos dela: para que vivêssemos, sim, dos produtos da natureza, os cultivássemos, e não os destruíssemos. Tudo isto se relaciona com a vinda de Jesus Cristo, que veio nos ajudar a colocar de novo tudo na luz de Deus: tudo aquilo que nos é dado na natureza é um dom, um presente de Deus. Deus Quando Jesus se faz homem, ele é uma espécie de microcosmo, nele está tudo resumido. Deus, Jesus, se fazendo homem, também envolve toda a natureza, o respeito e o amor que devemos ter por ela. Devemos louvar a Deus em nome da natureza”.

“Que este Natal seja para nós um momento feliz em que Jesus Cristo assume toda a sua Criação na sua humanidade, e nos dá, de novo, uma esperança para que tudo seja como o sonho inicial de Deus. Nós devemos viver o Natal este ano neste espírito, de São Francisco e do Papa Francisco, tendo como temas a fraternidade, os pobres, a paz e a conservação, o cuidado da natureza”.

São Paulo, 24/12/2013 - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...