Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

A IMPORTÂNCIA O SILÊNCIO NO SACRÁRIO E NA IGREJA

"É bom para o homem suportar o jugo desde a sua juventude. Que esteja solitário e silencioso, quando o Senhor o impuser sobre ele..." (Lm 3,27-28)

Já dizia Santa Maria Faustina Helena Kowalska (25/08/1905 - 5/10/1938):

"Entrei na cela, as irmãs já se tinha deitado.Entrei na minha cela...lancei-me ao chão e comecei a rezar ardentemente.Havia silêncio como num Sacrário.Todas as irmãs repousavam, tal como hóstias brancas, encerradas no cálice de Jesus, e apenas da minha cela Deus podia ouvir um gemido da alma!..." (Santa Maria Faustina Helena Kowalska - Diário)

Santa Faustina diz que na sua cela pairava um tremendo silêncio, e ela compara ao silêncio do Sacrário, e na sua cela, ela reza ardentemente, de forma que Deus podia ouvir o gemido da sua alma.Ainda mais deve-se rezar no silêncio quando estivermos no sacrário, pois Deus está ali!

Ora, não foi Deus que disse a Moisés para subir até o topo do Monte Sinai, e no silêncio do Monte, Ele ditou as Suas valiosíssimas ordens?Confiram:

"O Senhor desceu sobre o cume do monte Sinai; e chamou Moisés ao cume do monte. Moisés subiu..." (Ex 19,20)

E em outra parte do Livro do Êxodo diz:

"Moisés levantou-se com Josué, seu auxiliar, e subiu o monte de Deus" (Ex 24,13).

"Moisés subiu ao monte. A nuvem cobriu o monte e a glória do Senhor repousou sobre o Monte Sinai, que ficou envolvido na nuvem durante seis dias. No sétimo dia, o Senhor chamou Moisés do seio da nuvem.Aos olhos dos israelitas a glória do Senhor tinha o aspecto de um fogo consumidor sobre o cume do monte.Moisés penetrou na nuvem e subiu a montanha. Ficou ali quarenta dias e quarenta noites" (Ex 24,15-18).

Alguém pode perguntar, porque ficar calado no sacrário e não rezar o Rosário em "comunidade"?
A essa pergunta responde o Santo Profeta Zacarias:

"Toda criatura esteja em silêncio diante do Senhor: ei-lo que surge de sua santa morada" (Zc 2,17)

Também disse o Santo Profeta Sofonias:

"Silêncio diante do Senhor Javé!" (Sf 1,7)

E o Santo Profeta Habacuc disse:

"Mas o Senhor reside em sua santa morada; silêncio diante dele, ó terra inteira!" (Hab 2,20)

E o Santo Jó disse:

"Se pudésseis guardar silêncio, tomar-vos-iam por sábios" (Jó 13,5)

No livro dos Provérbios está escrito:

"...o homem sábio guarda silêncio" (Pr 11,12)

E o Santo Profeta Jeremias dizia:

"Bom é esperar em silêncio o socorro do Senhor" (Lm 3,26).

"Permanecendo só e em silêncio, quando Deus lho determinar!" (Lm 3,28)

Disse Nosso Senhor Jesus Cristo:

"Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á" (Mt 6,6)

O quarto aqui quer dizer não somente o nosso quarto e sim estar em silêncio, longe de todos, a sós; ou seja recolhido sozinho e rezendo mentalmente!Por que em silêncio?Porque Nosso Senhor disse: "fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo".Ou seja cale-se e reze em silêncio!Para que ninguém saiba o que estás pedindo ou agradecendo, e assim o Pai que está vendo tudo no secreto, possa te recompensar!

Então como devo me portar ao entrar no Silencioso Sacrário?
Ajoelhe-se e no silêncio de sua alma, humilhe-se e contemple o Teu Senhor!Se não puder ficar de joelhos, diz o Senhor dos Exércitos: "Senta-te em silêncio" (Is 47,5).E dê glória a Deus.E humilhe-se ainda mais!E se seus olhos encherem de lágrimas e o teu coração encher do Espírito Santo, a ponto de fazer suspirar a tua alma, observe a fala do Santo Profeta Ezequiel: "Suspira em silêncio" (Ez 24,17).Observando tudo isso não quebraras o silêncio no Sacrário e darás grande alegria a Deus!

Pois disse o Santo Profeta Jeremias:

"O Senhor é bom para quem nele confia, para a alma que o procura" (Lm 3,25)

Então, completa o Santo Rei Davi:

"Em silêncio, abandona-te ao Senhor, põe tua esperança nele" (Sl 36,7).Pois "...os que esperam no Senhor possuirão a terra" (Sl 36,9)

Que possamos lembrar de Judite, que quando entrando no seu quarto, "...movendo em silêncio os lábios, ela orou com lágrimas a Deus" (Jt 13,6)

Que no silêncio do Sacrário, Deus possa escutar o gemido da nossa alma!

Obs1: "Lembrando que na liturgia tradicional, o Sacrário é o centro das atenções numa igreja:deve estar instalado de modo inamovível no centro do altar-mor.Na nova liturgia o altar tem preferência sobre o Sacrário, este fica de lado ou numa capela à parte.Por isso que na liturgia tradicional, logo quando os fiéis entram na igreja, automaticamente "entra-se no sacrário" e o silêncio é pleno, agora com a nova liturgia, na maioria das igrejas, os sacrários estão separados do altar-mor e não se observa o silêncio nem na igreja e nem no sacrário, por isso ao entrar em uma igreja aonde o sacrário não está no centro do altar-mor, permaneça mesmo assim em absoluto silêncio!Pois como dizia a Beata Jacinta Marto: 'Nossa Senhora não quer que a gente fale na igreja'"


Quinta, 26/12/2013 - Catolicismo Romano
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...