Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Estudante carioca cria aplicativo para localizar pessoas desaparecidas

Um estudante do curso de Sistemas de Informação do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC\PUC-RIO) criou o aplicativo "Alerta Amber Brasil", para ajudar a localização de pessoas desaparecidas. A iniciativa pretende auxiliar a formação de um cadastro único nacional, de consulta de pessoas desaparecidas, ainda inexistente no país.

O idealizador do aplicativo, Marco Combat, explicou que a proposta "é que aeroportos, rodoviárias, pedágios, hospitais, postos de saúde, postos policiais, ônibus, metrôs, táxis, shoppings, supermercados, estádios de futebol, dentre outros estabelecimentos, possam ter acesso ao “Alerta Amber Brasil” com as informações de desaparecidos de forma rápida e atualizada".

"Os cidadãos também poderão contribuir compartilhando os dados nas redes sociais, multiplicando a ação do aplicativo. Tudo isso será fundamental para localizar os desaparecidos de forma cada vez mais rápida”, explicou Combat, destacando que o nome do app é uma referência direta ao programa do governo norte-americano Amber Alert, em que, a cada notificação de desaparecimento de uma criança nos EUA, estações de rádio e TV divulgam imediatamente a foto de quem desapareceu.

Inicialmente, o aplicativo estará disponível para os celulares e tablets com Android, e, em breve, para os demais com iOS e Windows Phone. Sempre que uma pessoa, criança ou adulto, for cadastrada no SOS Desaparecidos, da PM de Santa Catarina, seus dados serão inseridos simultaneamente no aplicativo “Alerta Amber Brasil”, com separação por nome, data e localidade do desaparecimento, podendo ser consultados até mesmo em locais sem acesso à internet. O principal objetivo é fazer com que o aplicativo gere uma integração entre todas as delegacias do país em busca de um cadastro verdadeiramente nacional, confiável e que possa ser consultado a qualquer hora e momento, aumentando cada vez mais a possibilidade de reencontrar pessoas desaparecidas e resolver algo tão difícil para as famílias.

O site http://www.alertaamberbrasil.com.br pode ser baixado gratuitamente e contempla a base de dados do Projeto SOS Desaparecidos, da Polícia Militar de Santa Catarina, única no país a ter uma equipe exclusiva e especializada em desaparecidos.

A cada três minutos, uma pessoa desaparece no Brasil. Todos os anos, mais de 200 mil pessoas desaparecem no país, das quais cerca de 40 mil são crianças e adolescentes, segundo estimativas da Subsecretaria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, órgão ligado à Presidência da República.

Marco Combat inscreveu o aplicativo no torneio Rio Apps 2013, da Prefeitura do Rio de Janeiro, concurso em que saiu vencedor ano passado na categoria Aluno. O resultado sai em janeiro de 2014.


Rio de Janeiro, 28/12/2013 - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...