Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

A mulher no plano do Criador

Quero neste artigo falar de uma mulher muito especial, modelo de vida e santidade, aliás, modelo de Toda a santidade, a mais perfeita santidade: a Virgem Maria, a Doce Mãe de Deus.
Ela nos é apresentada com diversos títulos, inclusive o de “Doce Mãe de Deus”.
Neste último dia doze de dezembro a celebramos com o título de Nossa Senhora de Guadalupe, e é sempre a mesma mulher, a Virgem Maria. No natal a vemos no presépio, juntamente com José e o menino Jesus, contemplativa e humilde.
O que desejo refletir sobre ela é a essência de sua natureza humana, que é “Ser Mulher”. Toda doçura e ao mesmo tempo fortaleza são características da feminilidade, cheia de ternura, mansidão, e conformidade (à vontade do Pai).
Quando Deus desejou e sonhou a humanidade, Ele criou toda natureza e coroou com a criatura humana, que é semelhante a Ele mesmo, a Trindade Santa que é comunhão de amor. Criou o Homem e a Mulher, cada um com características próprias, para manifestar o amor, a doação e a entrega, e em suas diferenças humanas se complementarem.  O homem chamado a realizar seu papel junto da mulher, sendo aquele que sustenta, protege e cuida; e a mulher em sua feminilidade traz a doçura, o aconchego e o cuidado em seus muitos detalhes.
Quando vemos a Virgem Maria na celebração de Nossa Senhora de Guadalupe, percebemos que essa aparição é cercada de muitos detalhes. É acolhedora, e com certeza todas as aparições são, mas esta nos traz a mensagem de cuidados extremos para abraçar e acolher quem a vê, não somente a um homem, mas a um povo. Esse tesouro pertence a toda a humanidade, e manifesta seu amor maternal, a sua essência de mulher. É com alegria que podemos perceber que Deus continua a manifestar através daquela que foi “Coroada Rainha do céu e da terra” o amor maternal com toda a feminilidade nos seus detalhes. Maria foi fiel ao projeto de Deus em sua vida terrena e continua sendo no plano espiritual para a salvação da humanidade. Ela resgatou toda a dignidade da mulher, que havia sido ferida pelo pecado na figura de Adão e Eva, especificamente da mulher, Eva.
Maria é a nova Eva na ordem da salvação, pois em tudo restaura a “mulher” que havia perdido a essência da criação, do que Deus sonhou e desejou para a mulher, e sempre manifesta sua ‘docilidade’ e ternura, para que nós mulheres nos espelhemos na mais nobre de todas as mulheres. Temos um exemplo e modelo de “Mulher” a seguir. Peçamos à Santíssima Trindade que nos renove ‘nesse modelo’, que sonhado na criação. E que a Virgem Maria interceda para alcançarmos a graça de sermos fiéis ao plano de Deus em nossas vidas nesses tempos, onde as mulheres estão perdendo a feminilidade. “Rogai por nós Santa Mãe de Deus! Para que sejamos dignas das promessas de Cristo, Amém”.


Domingo, 29/12/2013 - Evanilde Angolini – Oblata Corpus Christi
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...