Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Vaticano lança livro sobre diálogo inter-religioso

O presidente e o secretário do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, respectivamente, cardeal Jean-Louis Tauran e padre Miguel Ángel Ayuso Guixot, divulgaram o livro “O diálogo inter-religioso no ensinamento da Igreja Católica”, de autoria do bispo Francesco Gioia, que também esteve presente no evento. O lançamento ocorreu hoje, 12, na Sala de Imprensa da Santa Sé.
O livro apresenta, tanto aos fiéis católicos como aos seguidores de outras religiões, o pensamento oficial da Igreja, segundo o espírito da “Nostra Aetate”, documento elaborado durante o Concílio Vaticano II que fala sobre a aproximação da Igreja Católica com outras religiões, a fim de promover o diálogo e a mútua colaboração.
O volume, que contém mais de duas mil páginas, compreende uma coleção de textos conciliares, encíclicas, exortações apostólicas e discursos proferidos desde o pontificado de João XXIII a Bento XVI. Também há documentos dos setores da Cúria Romana relativos ao diálogo inter-religioso. Ao todo, são 909 documentos dos quais sete são conciliares. Segundo o cardeal Tauran, o livro oferece fácil acesso ao método e aos fundamentos teológicos do diálogo inter-religioso ensinado e praticado no Magistério da Igreja Católica.
“A novidade consiste na coleção de textos de Bento XVI, cuja contribuição foi decisiva. Em sete anos de pontificado, se contam 188 discursos de Bento XVI sobre o diálogo inter-religioso se comparado aos 591 do papa João Paulo II em mais de um quarto de século”, explica. “A atenção a este problema foi constante e crescente nos dois pontificados. Bento XVI propôs o ‘diálogo da caridade na verdade’. Um ano depois do discurso de Ratisbona, 38 muçulmanos eruditos escreveram ao papa um documento que expôs os princípios do Islã e manifestava o desejo da compreensão mútua e de uma relação entre o Islã e o cristianismo baseada no amor de Deus e ao próximo. O resultado da iniciativa foi a criação de um Foro islâmico-cristão, que continua a existir na atualidade”, acrescentou o cardeal.

Terça, 12 de Novembro de 2013 - cnbb 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...