Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Semana da Solidariedade chama a atenção para a fome e a pobreza no Brasil

Teve início, nesta terça-feira, e prossegue até o próximo dia 12, a Semana da Solidariedade promovida pela Caritas Brasileira sobre o tema "Solidariedade e Justiça Social". Este ano a Rede Caritas chama a atenção de toda a sociedade brasileira para as questões relacionadas à fome e a pobreza no país. 

O objetivo é refletir sobre a invisibilidade das desigualdades sociais que geram as misérias existentes, principalmente nas periferias das grandes e médias cidades e no meio rural.

Dados oficiais do Governo Federal apontam que nos últimos anos (2003 – 2012) o Brasil vem conseguindo combater a pobreza e a miséria de 16 milhões de pessoas por meio dos programas de transferência de renda, principalmente "o Bolsa Família", proporcionando uma real melhoria nas condições de vida das pessoas.

No entanto, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 57 milhões de pessoas ainda vivem em estado de pobreza, ou seja, sobrevivem com meio salário mínimo, mesmo o Brasil sendo a sexta economia mais rica do mundo. Ainda com os programas de distribuição de renda promovidos pelo Governo Federal, 20% dos mais ricos detém 63,8% da renda nacional, enquanto os 20% mais pobres acessam apenas 2,5% de toda a riqueza que é produzida pelo país.

Nesta perspectiva, várias Caritas em todo o Brasil realizam ações que visam o debate dessa realidade, além da divulgação de ações que promovam a superação da fome e da pobreza.

Brasilia, 05/11/2013 - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...