Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Santa Sé na Conferência Geral da Unesco: "Dar mais espaço aos jovens por uma nova cultura de paz e desenvolvimento"

A Santa Sé participa da 37ª sessão da Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em andamento até o próximo dia 20, na sede da instituição, em Paris, na França. A delegação da Santa Sé é composta por membros de vários Dicastérios do Vaticano.

Este sábado, dia 9, o líder da delegação, Mons. Francesco Follo, no âmbito do debate sobre política geral, proferiu seu discurso destacando a importância de educar para a partilha, valorizar a contribuição dos jovens e promover o diálogo intercultural.

"Educar para a partilha significa se enriquecer e facilitar o desenvolvimento sustentável" - frisou o observador permanente da Santa Sé, lembrando a este respeito o que foi dito pelo Papa Francisco em agosto passado: "É somente quando somos capazes de partilhar que nos enriquecemos realmente."

"Transmissão e partilha são os objetivos principais no campo da educação a fim de formar os cidadãos do mundo de amanhã", acrescentou Mons. Follo. Ele se deteve sobre a necessidade de dar mais espaço aos jovens, ouvi-los e torná-los capazes de fazer frutificar a herança das gerações de hoje "numa nova cultura de paz e verdadeiro desenvolvimento".

"E se os jovens são a esperança do amanhã, não podemos esquecer, na construção do futuro, quanto os idosos transmitem com a sua experiência e sabedoria", frisou Mons. Follo.

O observador permanente da Santa Sé sublinhou que é importante dar atenção ao diálogo intercultural e reconciliação das culturas, com o objetivo de eliminar a pobreza, favorecer o desenvolvimento sustentável e edificar a paz.

Por fim, Mons. Follo chamou a atenção para a função pública que o Cristianismo pode ter na promoção do ser humano e para o bem comum da humanidade, no pleno respeito e promoção da liberdade religiosa e civil de cada pessoa.


Cidade do Vaticano, 10/11/2013 - Rádio Vaticano
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...