Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Publicidade do ObamaCare promove promiscuidade nos Estados Unidos

As organizações não governamentais (ONGs) Colorado Consumer Health Initiative e ProgressNow Colorado Education, do estado do Colorado (Estados Unidos), lançaram a campanha "Got Insurence?" (Tem plano de saúde?) dirigida às minorias, adultos jovens e mulheres, onde promovem abertamente a promiscuidade.
O objetivo da campanha é promover nos grupos de interesse que ingressem no sistema do plano da Lei de Assistência Acessível, conhecida como ObamaCare, fazendo que as imagens com mensagens juvenis se difundam através das redes sociais.
Em um dos seus avisos, que mostra uma jovem emocionada segurando pílulas anticoncepcionais junto com um homem de sua idade, se lê: "vamos ao físico! Oh, Meu Deus, ele é um gatão. Esperemos que ele seja tão fácil como foi conseguir estas pílulas de controle natal. Meu plano de saúde cobre a pílula, o que significa que de tudo, preciso preocupar-me somente em coloca-lo debaixo dos meus lençóis. Tenho plano. Agora você também pode. Obrigado ObamaCare!".
Embaixo do cartaz e com uma letra menor se lê: "a pílula não te protege de doenças sexualmente transmissíveis, as camisinhas e o sentido comum fazem isso".
Em outro anúncio, que apresenta uma jovem emocionada com a imagem de papelão do ator Ryan Gosling, lê-se: "Ei garota, você está emocionada pelo fácil acesso ao controle de natalidade, e eu estou emocionado por te conhecer. Ela tem plano. Agora você também pode. Obrigado ObamaCare!".
Para o diretor de compromisso estratégico da ONG Colorado Consumer Health Initiative, Adam Fox, uma das cabeças por trás desta campanha, "foi divertido ver como tudo acontece".
"Vimos tanto reações positivas como negativas, mas se as pessoas estão vendo os avisos e comprando planos de saúde, isso é algo bom".
Fox assinalou que "queríamos chegar com uma campanha que atraia a atenção e injete um pouco de humor, e tentar educar as pessoas sobre o plano de saúde de uma forma um pouco diferente".
"Era somente uma chuva de ideias. OK! Quais são algumas dessas atividades arriscadas com as quais poderíamos trabalhar e coloca-las juntas?".
Por sua parte, Jen Caltrider do ProgressNow Colorado Education, a outra ONG que está por trás da campanha, assinalou que "queremos chegar às mulheres de 20-algo também, e esperamos que esta ronda de avisos o faça".
ObamaCare, conforme denunciaram ativistas pró-vida nos Estados Unidos, inclui cobertura para que os assegurados recorram a abortos nas clínicas do Planned Parenthood, a maior multinacional de clínicas abortivas do mundo.
Os Bispos dos Estados Unidos, apesar de terem solicitado por muito tempo uma reforma do sistema de saúde do país, reafirmaram seu apoio à Lei de Assistência Acessível, devido às preocupações sobre o financiamento de abortos e a liberdade de consciência.
ObamaCare se encontra envolvido em polêmicas nestes dias devido ao mal funcionamento do seu site HealthCare.gov, através do qual os cidadãos deveriam poder acessar para comprar seu plano, e em cujo desenvolvimento o governo dos Estados Unidos investiu ao redor de 118 milhões de dólares e 56 milhões em suporte de engenharia de sistemas.
Em 30 de outubro, ao comparecer ante o Comitê de Energia e Comércio dos Estados Unidos, a Secretária de Saúde e Serviços Humanos, Kathleen Sebelius -que se declara católica e que apoia abertamente o aborto- confirmou que a implementação do HealthCare.gov tinha sido uma "derrota" da qual ela se declarava responsável.

DENVER, 16 Nov. 13 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...