MUITA ATENÇÃO POVO CATÓLICO !!!

IMG-20171013-WA0083.jpg

Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Porque me consagrar a Virgem Maria?

A partir deste mês de novembro, muitos cristãos começam a se preparar para a Consagração a Virgem Maria. Uns para fazerem sua primeira consagração, outros já para renovarem esse compromisso de vida que assumiram.
Nos últimos dias, conversando com algumas pessoas e também meditando sobre isso me surgiram algumas inquietações a este respeito. Pode acontecer de que nos sintamos movidos a este compromisso por motivos que não sejam de fato verdadeiros e fundamentados.
Acredito que em primeiro lugar devemos nos questionar com verdade.
Porque quero fazer a consagração? Porque não quero ficar excluído do meu grupo ou porque de fato busco uma intimidade maior com a Mãe?
Da mesma maneira é preciso nos questionar do contrário. Porque não quero fazer a minha consagração agora? Acho que é besteira ou tenho medo do compromisso?
Precisamos dar o passo de acordo com o que Deus nos pede neste tempo. Para isso precisamos estar com o coração aberto e bastante sensível ao sopro do Espírito que vai guiando nossa vida de acordo com a vontade do Pai.
A decisão pelo sim ou pelo não deve ser sempre: livre, fundamental e consciente.
Se me sinto chamado à consagração, mas ao conhecer o que ela pede de mim, o que ela exige da minha parte me sinto incapaz de cumprir, é preciso ter a certeza de que nós nunca estaremos prontos por completo, a obra será sempre edificada em nós e essa é a parte de Deus, a nossa é a permissão e o SIM para que Ele faça, assim como nos ensinou Maria ao responder para o anjo Gabriel: “Eis aqui a escrava do Senhor. Faça-se em mim segundo a Tua Palavra.”
Santo Agostinho nos diz: “Tenho medo da graça que passa!” Por isso a necessidade de uma preparação bem consciente e firme, pois a graça que a Trindade quer derramar sobre nós neste tempo, a graça que o Pai quer me conceder agora pode passar e eu não irei mais recebê-la… A graça que passa não volta, por isso “tenho medo da graça que passa”.
Consagrar a vida a Virgem e Doce Mãe é para nós uma dádiva de Deus, um presente, um dom, uma benção… Pois “Maria é o santuário e o repouso da Santíssima Trindade” e neste santuário somente uma criatura com grande privilégio pode entrar. Imagine se Ela estiver querendo conceder a você essa graça?
Da mesma maneira que Maria disse SIM para gerar na terra o Filho de Deus, hoje Ela diz SIM para nos gerar como filhos de Deus para o céu. Por Ela chegaremos nós também a uma intimidade mais profunda com a Trindade.
Como toda consagração, como toda grande decisão em nossa vida exige um compromisso e o compromisso sempre exige responsabilidade, a escolha de se consagrar a Ela não é diferente. Somos chamados a estar “Em Jesus por Maria”.
Qual de nós que ao desejar alguma coisa não corria primeiro pedir pra mãe e sempre dava um jeitinho dela ir pedir para o pai… Maria é essa Mãe Intercessora, não há nada que peçamos a Ela e Ela não nos conceda.
Mas é preciso ter bem claro que isso não significa que Maria vai então realizar nossos sonhos, planos e desejos mais mirabolantes… Não. Da mesma maneira que a vontade de Deus em nossa vida é que o filho de Deus cresça sempre mais, a vontade de Maria é que se cumpra em nós a vontade do Pai. Maria é esse auxílio que o Pai nos envia nestes tempos para que nos assemelhemos sempre mais a Jesus, o Filho de Deus.
No parágrafo 20 do Tratado da Verdadeira Devoção lemos: “Quanto mais numa alma Ele (o Espírito Santo) encontra Maria, Sua amada e inseparável Esposa, tanto mais operante e poderoso se torna para produzir Jesus Cristo nessa alma e essa alma em Jesus Cristo.” Essa é a grande colaboração que Maria quer nos trazer nesse tempo, contribuir para que o Espírito Santo gere em nós o Filho de Deus.
Abramos nosso coração para esse sopro de vida que o Espírito quer gerar em nós e através de nós. Sejamos o sal da terra e a luz do mundo. Deixemos que através de nossa vida Jesus exerça o Seu reinado. Tudo isso se dará pela poderosa intercessão e ação de Maria em nossa história.
Sugiro para nossa meditação um trecho da música “Todo Teu” do Davidson Silva:
“Eu quero ser nova semente, eu quero de Ti renascer e ser despertado pra vida e a vida de Cristo viver… Desenha em mim os Teus traços, modela-me em Teu coração. E o que desfigura a beleza, retira de mim com Tua mão…”
Mãe ensina-nos a Tua docilidade e fortaleza para permitir que se faça em nós e se faça de nós aquilo que o Pai deseja. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós!

Quarta,06/11/2013 - Elaine Mariano Pacheco – Oblata Corpus Christi
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...